Publicidade

Estado de Minas CORONAVIRUS

COVID-19: Itaúna regride para a Onda Vermelha do Minas Consciente

O município registrou 359 novos casos em uma semana; novo decreto passa a valer no sábado (23/1)


21/01/2021 19:23 - atualizado 21/01/2021 19:43

Munícipio já registrou mais de 4 mil casos da COVID-19(foto: Divulgação/Prefeitura)
Munícipio já registrou mais de 4 mil casos da COVID-19 (foto: Divulgação/Prefeitura)
Após alta no número de casos da COVID-19, Itaúna, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais, regrediu para a Onda Vermelha do Minas Consciente. A decisão foi informada pelo prefeito Neider Moreira nas redes sociais da prefeitura. As novas regras passam a valer a partir de sábado (23/1).

 

O prefeito lamentou a regressão para a onda mais restritiva do programa e pede mais responsabilidade da população. “É uma pena. Várias vezes eu estive nas redes sociais levando nossos comunicados. Demonstrando a importância de que fizéssemos o isolamento social, tivéssemos aglomerações, que utilizássemos a máscara e o álcool em gel. Mas infelizmente parte da população não nos ouviu”, relata.

 

De acordo com o último boletim epidemiológico, o município já chegou a 4.507 pessoas infectadas pelo novo coronavírus, além de 58 óbitos confirmados. Atualmente, 488 casos ainda estão ativos.

 

Itaúna conta com apenas um hospital, o Manoel Gonçalves, que atende à microrregião que compreende Itaguara, Itatiaiuçu e Piracema. De acordo com o último informe, existem 29 pacientes em tratamento contra a doença, sendo oito no CTI e 21 na enfermaria. Desses, 21 são moradores de Itaúna.

 

O município iniciou a vacinação contra a COVID-19 na quarta-feira (20/1), quando a enfermeira Danielle Soares da Silva, 41 anos, foi a primeira a ser imunizada. Itaúna recebeu 1.900 doses da CoronaVac e vai vacinar 950 pessoas, entre profissionais de linha de frente da saúde, salas de vacinas, unidades básicas e asilos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade