Publicidade

Estado de Minas IMUNIZAÇÃO

CoronaVac: indígenas da tribo Xucuru kariri são vacinados em Caldas

Cidade recebeu 123 doses da vacina e não foram suficientes para os dois grupos indígenas; tribo Kiriri dever receber a primeira dose nesta sexta-feira (22/1)


21/01/2021 16:02 - atualizado 21/01/2021 17:51

Sr. Paulo José foi o primeiro indígena a se imunizar em Caldas(foto: Ascom/divulgação)
Sr. Paulo José foi o primeiro indígena a se imunizar em Caldas (foto: Ascom/divulgação)
Os indígenas da tribo Xucuru kariri foram imunizados nesta quinta-feira (21/1) em Caldas, no Sul de Minas. A cidade recebeu 123 doses da CoronaVac e não foram suficientes para vacinar os dois grupos indígenas. O município deve receber mais 55 doses nesta sexta-feira (22/1) para a tribo Kiriri.

 

De acordo com a prefeitura, Caldas tem 211 indígenas vivendo em duas aldeias: 152 pessoas na tribo Xucuru Kariri de Caldas e 59 na Kiriri do Rio Verde. Nesta quinta-feira (21/1), foram vacinados os membros da tribo Xucuru Kariri. A vacinação foi celebrada com cantos e rituais.

 

O primeiro indígena a ser imunizado foi Paulo José da Silva, conhecido como Paulão. “É uma felicidade receber a vacina porque é dolorido ver as tribos que estão perdendo seus membros Brasil afora”, disse o indígena para os profissionais da saúde.

 

Dona Flora é a membro mais idosa da tribo e também foi vacinada(foto: Ascom/divulgação)
Dona Flora é a membro mais idosa da tribo e também foi vacinada (foto: Ascom/divulgação)
A dona Flora Ferreira da Silva, de 89 anos, é a membro mais idosa da tribo Xucuru kariri. Ela é avó do Cacique Jânio Ferreira do Nascimento, que também recebeu a vacina. “Deus ilumina os homens através da ciência, para que tragam a cura. Assim como ilumina os pajés dando a eles os conhecimentos da natureza”, comemorou.

 

Segundo a prefeitura, no total 48 indígenas da tribo Xucuru kariri se vacinaram voluntariamente contra a COVID-19 no posto de saúde da aldeia.

 

“Lembramos a todos que as doses são enviadas pelo Ministério da Saúde já destinadas à população a ser imunizada. O número de doses recebidas e quais grupos serão vacinados não é uma atribuição dos municípios”, diz assessoria de imprensa da prefeitura.

 

Tribo Kiriri

 

Ao todo, Caldas recebeu 123 doses da CoronaVac e não foram suficientes para imunizar os dois grupos indígenas. O município deve receber mais 55 doses nesta sexta-feira (22/1) para vacinar a tribo Kiriri.

 

A prefeitura explicou que as enviadas seriam para imunizar as duas tribos. “Na noite de quarta-feira (20/1), no entanto, a Secretaria de Saúde do Município foi comunicada de que as doses destinadas para a Tribo Kiriri ainda serão enviadas”, diz nota.

 

O impasse ainda não foi resolvido, mas, de acordo com a prefeitura, a expectativa é imunizar a tribo o quanto antes. “A explicação recebida foi de que a tribo em questão entrou oficialmente para a contagem do Ministério da Saúde no dia 04 de janeiro. Após a contagem inicial.

O município foi assegurado de que haverá doses específicas para essa tribo e está aguardando orientações para definir se precisa mesmo aguardar para imunizar os indígenas Kiriri com o segundo lote ou se tem autorização para aplicar as doses restantes da primeira leva, uma vez que há doses sobressalentes. Assim que houver a determinação do estado, as doses serão aplicadas para o público indicado. "Todas as pessoas imunizadas são declaradas pelo município ao estado”, ressalta prefeitura.

 

Ainda de acordo com a prefeitura, as demais doses foram aplicadas em profissionais da cidade da linha de frente em combate ao novo coronavírus.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade