Publicidade

Estado de Minas JOÃO MONLEVADE

Começa resgate de corpos de vítimas da queda de caminhão em rio na BR-381

Veículo despencou da 'Ponte Torta', em João Monlevade, para o Rio Piracicaba, mesmo local do acidente com um ônibus que matou 19 pessoas em dezembro de 2020


14/01/2021 08:50 - atualizado 14/01/2021 10:11

(foto: Ana Raquel Lelles/EM/D.A Press)
(foto: Ana Raquel Lelles/EM/D.A Press)
Teve início na manhã desta quinta-feira (14/1) a operação de resgate dos corpos das quatro vítimas da queda de um caminhão no local conhecido como "Ponte Torta", em João Monlevade, Região Central de Minas. O veículo caiu no Rio Piracicaba, às margens da BR-381, na tarde de quarta-feira (13)

Segundo o Corpo de Bombeiros, cinco mergulhadores já chegaram ao local - três de Itabira e dois de Ipatinga, no Vale do Rio Doce. Os militares calculam que o caminhão está a 20 metros de profundidade, ponto em que a visibilidade é praticamente nula. Desta forma, a localização dos cadáveres e do veículo depende quase que exclusivamente do tato. 

Ainda de acordo com a corporação, a falta de visibilidade aumenta os riscos da operação de forma considerável, já que impede que os mergulhadores verifiquem se o caminhão está estabilizado. 

As vítimas do acidente são quatro funcionários de uma pedreira em Jaguaraçu, no Vale do Aço: Carlos Sebastião Félix, Herivelton Damasceno Cardoso, Marciano Carvalho Abreu e José Geraldo Anísio Leite.

Na ocasião da tragédia, eles deixavam a empresa com destino a cidade de Rio Piracicaba, também no Vale do Aço, para realizar a pavimentação de uma rua. Os bombeiros suspeitam de que o motorista perdeu o controle do veículo, que acabou caindo no rio. 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade