Publicidade

Estado de Minas VIRADA DO ANO

Idoso é assassinado após defender filha de discussão com o genro em Passos

Sogro foi morto com golpes de barra de ferro na cabeça e teve o corpo amarrado em uma cisterna; suspeito foi preso em flagrante e confessou o crime


01/01/2021 20:19 - atualizado 01/01/2021 21:10

Idos teve corpo amarrado em uma cisterna(foto: Helder Almeida/divulgação)
Idos teve corpo amarrado em uma cisterna (foto: Helder Almeida/divulgação)
Um idoso foi morto com um golpe de barra de ferro na cabeça após defender a filha de discussão com o genro na zona rural, em Passos, no Sudoeste de Minas. A discussão aconteceu na noite de réveillon (31/12). O suspeito, de 27 anos, amarrou o corpo de Belchior Belo, de 71, em uma cisterna.

 

De acordo com a Polícia Militar, a confusão aconteceu na noite da virada do ano durante uma briga de casal. Mas os militares foram acionados pela filha da vítima, de 31 anos, na manhã desta sexta-feira (01/01).

 

“Vendo que ambos discutiam, o idoso tentou intervir, momento em que ocorreu uma discussão entre sogro e genro, a qual acabou evoluindo para agressões mutuas”, explica trecho do Boletim de Ocorrência.

 

A filha do idoso, que é a esposa do suspeito, ainda tentou separar, mas o homem teria atirado um martelo na vítima. Depois de ferido, Belchior disse ao suspeito: 'vou te matar rapazinho' e saiu em direção ao matagal. “Local que o suspeito acredita ser onde a vitima guardava uma espingarda, decidiu segui-lo”, disse homem à polícia.

 

Belchior foi morto pelo genro com golpes e barra de ferro(foto: Reprodução Internet)
Belchior foi morto pelo genro com golpes e barra de ferro (foto: Reprodução Internet)
Em seguida, o suspeito e a vítima tiveram uma nova discussão, quando o idoso teria acertado a perna do genro com uma barra de ferro. “O qual teria conseguido tomar tal instrumento e em ato contínuo, desferiu um golpe contra a cabeça da vítima, a qual caiu no chão, e que lhe acertou na cabeça por mais duas vezes”, diz documento.

 

Ainda segundo o Boletim de Ocorrência, o suspeito amarrou o corpo da vítima em uma cisterna. “Como a cisterna estava bem fechada e com medo da enxurrada arrastar o corpo, amarrou uma corda no pescoço da vítima”, afirma.   


Após matar o sogro, o homem só retornou para a casa onde a família estava na manhã desta sexta-feira. Ele contou o crime para a esposa e pediu que ela chamasse a polícia. O suspeito foi preso em flagrante e levado para a Delegacia de Polícia Civil de Passos.

 

O corpo de Belchior foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e enterrado no cemitério da cidade,

 

 

 

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade