Publicidade

Estado de Minas FEMINICÍDIO

Homem mata mulher a facadas na frente das filhas em Três Corações

Crime aconteceu dentro da casa do casal, quando a família assistia um filme; suspeito fugiu com o celular da vítima e assumiu o fato pelo telefone


28/12/2020 13:00 - atualizado 28/12/2020 13:16

Mulher foi morta na frente das quatro filhas(foto: Arquivo Pessoal/divulgação)
Mulher foi morta na frente das quatro filhas (foto: Arquivo Pessoal/divulgação)
Uma mulher foi morta a facadas na madrugada desta segunda-feira (28/12), em Três Corações, no Sul de Minas. O caso teria acontecido na frente das quatro filhas do casal. O suspeito do crime é o companheiro da vítima, que está foragido.

  

De acordo com a Polícia Militar, a vítima é Camila Miranda Bandeira, de 32 anos, e quando os militares chegaram ao local, o Samu estava fazendo o socorro. “Ao chegar ao local, fomos informados pela equipe do Samu que a vítima estava inconsciente e com várias lesões pelo corpo, principalmente na face”, foi informado em um trecho do boletim de ocorrência.

 

Além das lesões, o cabelo da mulher foi cortado com uma faca e colocado em um balde. “Sendo encontrado pelo chão e em um balde plástico com grande quantidade de cabelo”, completa.

 

Segundo a polícia, o crime teria acontecido na frente das quatro filhas do casal, entre seis e 11 anos. “Elas nos narraram os fatos, dizendo que nesta data os pais haviam discutido sobre a relação conjugal durante o almoço, pois o pai a todo instante pedia que a mãe desbloqueasse o celular, pois ele desconfiava que Camila estava lhe traindo, o que a todo momento ela negou tal situação e que a discussão perdurou por todo o dia”, diz.

 

O suspeito, de 35 anos, teria cometido o crime na sala de TV, quando a família assistia a um filme. “Em dado momento, o autor começou a agredir a vítima com vários socos e pontapés na região da face, que ainda trancou as filhas junto com a vítima no cômodo onde estavam e deslocou-se até a cozinha e apoderou-se de uma faca”, afirma.

 

Ainda de acordo com a polícia, o homem fugiu com o celular da vítima. “Foi feito contato com o autor via telefone, sendo que ele relatou que cometeu o crime por ciúmes, pois no dia 25 a vítima teria se encontrado com outra pessoa. Ele ainda relatou que ia se apresentar nas primeiras horas do dia”, ressalta.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade