Publicidade

Estado de Minas TRÁFICO DE DROGAS

Duas operações no interior de Minas terminam com 30 prisões

Em Manhuaçu, Polícia Militar contou com a ajuda de cadela farejadora; em Bambuí, foram cumpridos 18 mandados de busca e apreensão


03/12/2020 16:26 - atualizado 03/12/2020 17:07

Cadela Kacau ajudou na descoberta de esconderijo de adolescentes(foto: PMMG/Divulgação)
Cadela Kacau ajudou na descoberta de esconderijo de adolescentes (foto: PMMG/Divulgação)
Duas operações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), com apoio das polícias Civil, Militar e Penal, em duas cidades mineiras, Bambuí e Manhuaçu, resultou na prisão de 21 adultos e na apreeensão de nove menores

Na primeira cidade, no Sul de Minas, a Operação Campo Limpo terminou com 17 presos e o cumprimento de 18 mandados de busca e apreensão. Os demais foram detidos em Manhuaçu, na Zona da Mata.

A Operação Campo Limpo, em Bambuí, mobilizou 120 policiais das três polícias, além de um promotor e 40 viaturas. A ação contou ainda com apoio aéreo da Coordenação Aerotática (CAT) da PCMG e do canil da PMMG.

Segundo o promotor de Justiça Guilherme de Sales Gonçalves, “as investigações, conduzidas pelo Ministério Público, duraram cerca de quatro meses e tiveram entre os alvos integrantes de uma organização criminosa ligada ao tráfico de drogas na região". 

Segundo a delegada de Bambuí, Cláudia Cipullo, a Polícia Civil realizou os levantamentos dos alvos e auxiliou no cumprimento dos mandados. Ela conta que 13 pessoas foram presas em virtude de mandado de prisão, e outras três em flagrante, e uma adolescente foi apreendida. “Todo o material apreendido será analisado, podendo resultar na ratificação das prisões em flagrante.”

O delegado regional de Formiga, Tiago Ludwig, exalta a operação. “Uma ação conjunta das forças de segurança mineira, que acalenta o coração da população de Bambuí, com a retirada de diversos narcotraficantes que atuavam na cidade.”

Manhuaçu


A operação na cidade da Zona da Mata foi realizada no Bairro Santana, onde os policiais depararam com uma barricada construída com tambores na rua Simão Francisco Romão, com o objetivo de dificultar o avanço da PM durante incursões.

No local, ao perceber a presença da PM, menores fugiram e se esconderam, todos numa mesma casa, onde teriam usado maconha, o que foi farejado pela cadela Kacau e possibilitou o flagrante em cinco maiores e oito menores.

Nas buscas realizadas na casa foram encontradas porções de maconha, três papelotes de cocaína, uma máquina de cartões e R$ 6.127,75 em dinheiro, proveniente da venda de drogas. Todos e o material apreendido foram levados para a delegacia de Manhuaçu.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade