Publicidade

Estado de Minas Crime

Operação da Polícia Civil em Almenara prende 10 traficantes de drogas

Foram quatro meses de investigações, que possibilitaram a identificação de locais do tráfico e apontou nomes de envolvidos


28/11/2020 11:07 - atualizado 28/11/2020 14:24

Operação envolveu 40 policiais, além de uma equipe do Canil da Polícia Civil, com o uso de cães farejadores(foto: PCMG/Divulgação)
Operação envolveu 40 policiais, além de uma equipe do Canil da Polícia Civil, com o uso de cães farejadores (foto: PCMG/Divulgação)
A Polícia Civil prendeu neste sábado (28/11) 10 suspeitos na Operação Déjá Vu, em combate ao tráfico de drogas na cidade de Almenara, no Vale do Jequitinhonha. Também foram feitas apreensões de drogas, arma e munição de vários calibres, veículos, aparelhos celulares.

Foram quatro meses de apurações, que apontaram os principais pontos de comercialização de drogas em Almenara e também aqueles que estavam envolvidos no crime.

A partir dessa identificação, foi desencadeada a operação para cumprimento de 10 mandados de busca e apreensão e cinco de prisão preventiva. Houve também a prisão em flagrante de um novo suspeito e, lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso e consumo de droga.

A delegada Danielle Araújo destaca os resultados: “Por meio do trabalho investigativo desenvolvido pela equipe de inteligência da Regional em Almenara, foi possível apreender arma, munições e entorpecentes destinados para revenda na cidade e região. Além disso, já se encontram recolhidas quatro pessoas em decorrência do êxito na prisão em flagrante dos envolvidos em outras ocasiões.”

Todos os presos são reincidentes, afirma a delegada, por isso o nome da operação. “Déjà Vu significa uma forma de ilusão da memória, que leva o indivíduo a crer já ter visto aquele momento. Esse nome foi escolhido devido à reincidência da maioria dos envolvidos, sobretudo, no crime de tráfico ilícito de drogas.” Participaram da operaç~ ao 40 policiais civis das delegacias em Almenara, Jacinto, Jequitinhonha, Medina e Pedra Azul, que contou, também, com uma equipe do Canil da Polícia Civil.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade