Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Macrorregião Nordeste avança para a onda amarela e reabre lojas e salão de beleza

Reclassificação para fase menos restritiva ocorre no momento em que aumenta a preocupação com o avanço de casos da COVID-19 no estado e no país


25/11/2020 16:31 - atualizado 25/11/2020 17:40

 
A medida ocorre no momento em que aumenta a preocupação com o aumento de casos do coronavirus no estado e no país(foto: APF/Reprodução)
A medida ocorre no momento em que aumenta a preocupação com o aumento de casos do coronavirus no estado e no país (foto: APF/Reprodução)
A macrorregião de saúde Nordeste progrediu na fase de reabertura econômica do Plano Minas Consciente do Governo do Estado. A região passou da onda vermelha para a onda amarela. A reclassificação foi publicada no "Minas Gerais" - Diário Oficial do Estado, nesta quarta-feira  (25), por meio de deliberação  do Comitê Extraordinário da COVID-19. 
 
A medida ocorre no momento em que aumenta a preocupação com o aumento de casos do coronavirus no estado e no país. Apesar da elevação do número de casos, a Secretaria de Estado de Saúde diz que ainda não há evidências sobre os riscos de uma segunda onda da COVID-19 em Minas. 
 
A macrorregião Nordeste havia passado da onda amarela para a onda vermelha,  por decisão do Comitê Extraordinário COVID-19, quarta-feira  (18), juntamente com a Região Leste, que abrange Governador Valadares. 
 
A Região Leste continua na onda vermelha, sendo agora a única do estado na fase mais restritiva do Programa Minas Consciente, que permite somente o funcionamento de  serviços essenciais, como supermercados e farmácias.
 
Também em 18 de novembro, o Comitê Extraordinário COVID-19, as macrorregiões Leste do Sul e Sudeste, que estavam na onda verde, retornaram para a onda amarela. Nessa fase, é autorizada a abertura de serviços essenciais com menor risco de contágio da doença como lojas de roupas e salões de beleza. 
 
Com nova reclassificação do Minas Consciente, quatro macrorregiões encontram-se na onda amarela: Nordeste, Leste do Sul, Sudeste e o Vale do Aço. 
 
As demais nove regiões  do estado (Triângulo do Norte, Triângulo do  Sul, Sul, Oeste, Centro, Noroeste, Norte, Jequitinhonha e Centro-Sul) continuam na onda verde, fase que possibilita a abertura de serviços não essenciais com alto risco de contágio, como cinemas e bares com música ao vivo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade