Publicidade

Estado de Minas SEM IDENTIFICAÇÃO

Corpo é encontrado no Rio das Velhas, em Matozinhos

Rio Arrudas é um afluente do Rio das Velhas, portanto, a corporação atenta que não é possível ainda relação com o sumiço do homem há quatro dias no Arrudas


14/11/2020 17:02 - atualizado 14/11/2020 18:29

Na imagem, o Rio das Velhas (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)
Na imagem, o Rio das Velhas (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)
O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) foi acionado na tarde deste sábado (14), em Matozinhos, na Grande BH, para recuperar um corpo no Rio das Velhas. O Rio Arrudas é um afluente do Rio das Velhas, portanto a corporação informa que não é possível afirmar que essa vítima é a mesma do Ribeirão Arrudas, desaparecida na última terça-feira. Uma perícia será feita.


Por volta das 13h, o CBMMG foi acionado para recuperar um corpo no Rio das Velhas. De acordo com o solicitante que trabalha em uma fazenda da região, ele viu um corpo boiando nas imediações do rio. A Polícia Militar (PM) esteve no local e solicitou também a presença dos bombeiros, uma vez que o local é de difícil acesso e o corpo estaria seguindo o fluxo da correnteza.

No fim da tarde, uma equipe de salvamento do Corpo de Bombeiros foi até o local para tentar acessar o exato lugar para recuperar o corpo.

Ainda não há nenhuma identificação da vítima.

 

Buscas no Arrudas

 

Devido às condições pluviométricas, as buscas foram encerradas por volta das 18h deste sábado. Com o uso do barco, os militares percorreram uma extensão considerável do Rio das Velhas em Sabará e região, no entanto, nada foi encontrado até o momento. Os bombeiros darão continuidade às buscas neste domingo (15). 


Mas a Polícia Civil também investiga a possibilidade de fuga por suspeita de que ele tenha roubado um celular.

Segundo uma das versões para o acidente, depois de ter roubado o telefone o homem teria sido perseguido por populares e caído no ribeirão canalizado durante uma forte chuva e cheia, na região do Centro.

Segundo o CBMMG, nos primeiros dias as buscas estavam concentradas em todo o perímetro do Ribeirão Arrudas, ao longo da Avenida Silviano Brandão, onde o homem foi visto pela última vez, até o final da Avenida dos Andradas e limite com o município de Sabará.

As equipes de bombeiros realizaram as buscas a pé nas duas margens do Ribeirão Arrudas em busca do homem ou de algum indício que pudesse indicar sua localização. Neste sábado, os bombeiros de Sabará prosseguem com as buscas a partir do ponto inicial do Rio das Velhas no município, em uma ponte na região do Bairro General Carneiro. (Com informações de Mateus Parreiras)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade