Publicidade

Estado de Minas Violência

Carro de irmão de candidato a prefeito é alvo de disparos no interior de Minas

Ninguém ficou ferido. Suspeita é de atentado por motivação política. Caso está sendo investigado pela Polícia Civil


09/11/2020 16:04 - atualizado 09/11/2020 17:30

Marca de tiro ficou em pneu na traseira do Eco Esport(foto: Adolfo Rodrigues/Divulgação)
Marca de tiro ficou em pneu na traseira do Eco Esport (foto: Adolfo Rodrigues/Divulgação)
 

Um carro dirigido pelo comerciante Ronaldo Rodrigues Gomes, de 48 anos, foi alvo de tiros numa estrada vicinal de Pai Pedro, no Norte de Minas, na noite do último sábado (7). Ninguém ficou ferido. Ronaldo é irmão do candidato a prefeito da cidade, Joaquim Rodrigues Junior (PP), o 'Junior do Sacolão'. Por isso, foi levantada a suspeita de um atentado com motivação política.

 

 

 

O fato foi registrado pela Polícia Militar. A suspeita de atentado relacionado à campanha eleitoral ainda será investigada pela Polícia Civil de Porteirinha (na mesma região).

 

De acordo com informações da Delegacia da Polícia Civil de Porteirinha, no sábado à noite, Ronaldo seguia em seu carro, um Eco Esport, em companhia de duas pessoas, numa estrada de terra, entre a comunidade de Barreiro Branco (que pertence ao município de Catuti, na mesma região) e Pai Pedro, quando o veiculo foi alvejado. O suposto atentado ocorreu a nove quilômetros da área urbana de Pai Pedro.   

 

Segundo o contador Adolfo Rodrigues, um dos passageiros do Eco Esport, quando o motorista diminuiu a velocidade, ao passar em um “mata-burro”, um estranho aproximou de moto e fez vários disparos na direção da traseira do veículo.

 

Adolfo calcula que foram efetuados pelo menos 10 tiros, dos quais quatro atingiram o carro. O motorista, o contador e outro ocupante do carro (identificado como Denilton) saíram ilesos. O atirador fugiu de moto sem deixar pistas.

 

Conforme o contador, ainda na noite de sábado, foi preso pela Polícia Militar, em Pai Pedro, um suspeito, de 24 anos. Na moto dele, foram apreendidos quatro papelotes de cocaína. Levado para Janaúba (também no Norte de Minas), o rapaz negou a autoria dos tiros no carro.

 

“A suspeita é que a motivação (do atentado)  seja política. Ainda não temos provas”, declarou Adolfo Rodrigues, irmão do atual prefeito de Pai Pedro, Eujácio da Soledade Rodrigues (DEM), e primo do candidato 'Júnior do Sacolão'. Também disputam a prefeitura do município os candidatos Fernando da Costa Silva (PT) e Almerindo Carvalho (PSB).

 

Ouvida pela reportagem na tarde desta segunda-feira (9), a delegada de Porteirinha, Wendi Martins Moreira, disse que o caso foi considerado como uma “possível tentativa de homicídio”, mas que a motivação do crime ainda permanece desconhecida e será investigada pela Polícia Civil.

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade