Publicidade

Estado de Minas CRIME

Polícia procura homem acusado de esfaquear ex-companheira

Agressor não aceita a separação, segundo a vítima, que levou seis facadas


31/10/2020 11:14 - atualizado 31/10/2020 11:33

Crime aconteceu na madrugada deste sábado, em um ponto de ônibus em Betim(foto: Google Street View/Reprodução)
Crime aconteceu na madrugada deste sábado, em um ponto de ônibus em Betim (foto: Google Street View/Reprodução)
A Polícia procura por um homem de 33 anos que teria tentado, na madrugada deste sábado (31), assassinar, a facadas, a ex-companheira, de 30, em um ponto de ônibus em Betim. A mulher conta que estava indo para o trabalho. Foram seis facadas na vítima, que passou por cirurgia no Hospital Regional de Betim.

Segundo o relato da vítima, por volta das 5h, ela se dirigiu ao ponto de ônibus, como faz todos os dias, para ir para o trabalho em Belo Horizonte. Enquanto aguardava o coletivo, diz a mulher, ela foi surpreendida pelo homem, que passou a ameaçá-la. Ela afirma que até então não sabia que ele estava armado.

O casal está em processo de separação, e o homen não estaria aceitando o término, de acordo com o relato da mulher.

Assim que o coletivo, da linha 3850, Citrolândia-Belo Horizonte, se aproximou, o homem então sacou a faca e passou a desferir golpes na mulher, de acordo com o Boletim de Ocorrência.

Motorista e passageiros socorrem


O ônibus parou e vários passageiros desceram, ao lado do motorista, conseguindo conter o agressor. Nesse instante, ele acabou conseguindo fugir.

Os passageiros colocaram a vítima no ônibus e seguiram para a barreira da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Betim, onde pediram ajuda. A Polícia Militar foi chamada, assim como o Samu.

No caminho para o hospital, a mulher, que estava consciente, deu informações sobre o homem. Os militares foram até a casa dele, mas não o encontraram.

Existe, agora, um alerta, com as descrições do agressor, que foi distribuído na rede da PM.

No hospital constatou-se que a mulher levou seis facadas, duas no peito, uma na clavícula, uma no antebraço direito, uma na mão esquerda e uma nas costas. Ela foi levada para o centro cirúrgico, pois teve órgãos perfurados.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade