Publicidade

Estado de Minas

Trio assalta motorista de aplicativo e é detido após acidente em BH

Segundo a polícia, carro foi roubado no Barreiro na noite passada. Durante a fuga, o suspeito que estava na direção perdeu o controle e bateu. Um deles tem 17 anos e precisou ficar internado. Uma réplica de arma foi apreendida


30/10/2020 07:57 - atualizado 30/10/2020 08:15

Cruzamento onde o carro bateu, na Região Oeste de BH(foto: Reprodução da internet/Google Maps)
Cruzamento onde o carro bateu, na Região Oeste de BH (foto: Reprodução da internet/Google Maps)


Dois jovens de 22 e 23 anos e um adolescente de 17 foram detidos no fim da noite dessa quinta-feira suspeitos de um assalto a um motorista de aplicativo no Bairro Santa Margarida, Região do Barreiro, em Belo Horizonte. Ao tentar fugir da polícia no carro da vítima, o motorista bateu em um muro. Os três precisaram ser levados para hospitais, onde ficaram sob escolta. 

Segundo a Polícia Militar (PM), o dono do carro contou que uma mulher o acionou para fazer uma corrida. Ao chegar ao endereço, no Santa Margarida, ela pediu que ele desembarcasse e chamasse em uma casa porque havia solicitado o transporte para outras pessoas. Ao sair do veículo, o motorista foi surpreendido pelo trio, que anunciou o assalto. Um deles usou uma réplica de arma de fogo para ameaçar o condutor. Eles entraram no carro e fugiram em seguida. 

O carro foi visto novamente por militares que patrulhavam a região da Avenida Tereza Cristina. De acordo com a polícia, ao avisar a viatura, o motorista fez uma manobra brusca e acessou o Anel Rodoviário no sentido Vitória. Os militares começaram a seguir o veículo, mas o motorista continuou em alta velocidade, atravessando sinais. 

A fuga só terminou no Bairro Madre Gertrudes, Região Oeste da capital, quando o suspeito perdeu o controle da direção e bateu no muro de uma casa no cruzamento das ruas Estrela da Jordânia e Janaúba. 

Os dois mais velhos, mesmo após a colisão, tentaram fugir a pé, mas acabaram detidos. O menor que estava no carro ficou preso às ferragens e precisou ser retirado e socorrido por militares do Corpo de Bombeiros. A réplica de arma foi encontrada no assoalho do carro, atrás do banco do passageiro. 

O suspeito de 17 anos reclamava de dores no nariz e tinha suspeita de fratura na perna esquerda. Após passar pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Oeste, para onde os outros dois haviam sido levados, ele precisou ser transferido para o Hospital João XXIII, onde ficou internado sob escolta e sem previsão de alta. Os militares deram voz de prisão e apreensão (no caso do menor) aos três e a ocorrência foi encaminhada à Polícia Civil. 

Adolescente morreu após assalto


Há uma semana, em 23 de outubro, um adolescente de 16 anos morreu e outro de 19 ficou gravemente ferido em outro acidente envolvendo um carro roubado. De acordo com a PM, a dupla é suspeita de assaltar um motorista de aplicativo no Bairro Tupi, na Região Norte de Belo Horizonte. Durante a fuga, o veículo bateu no muro de um imóvel na Rua Padre Pedro Pinto, em Venda Nova. O mais novo foi arremessado para fora do veículo e morreu no local. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade