Publicidade

Estado de Minas

Casal é morto a tiros e bebê é resgatado entre os corpos em Betim

Crime foi descoberto à tarde, mas a suspeita é de que ele possa ter ocorrido na madrugada. Filho do casal foi levado para um hospital


19/10/2020 06:53 - atualizado 19/10/2020 08:08

Criança foi levada para a UPA Vargem das Flores, no Bairro Nova Contagem, no município vizinho(foto: Reprodução da internet/Google Maps)
Criança foi levada para a UPA Vargem das Flores, no Bairro Nova Contagem, no município vizinho (foto: Reprodução da internet/Google Maps)


A polícia deve investigar o assassinato de um casal descoberto na tarde deste domingo em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Um homem de 32 anos e a companheira dele, de 19, foram encontrados mortos a tiros dentro de casa no Bairro Icaivera. Entre os corpos, foi resgatado com vida o bebê deles, um menino que teria apenas dois meses. A criança foi levada para um hospital. 

A Polícia Militar (PM) foi chamada por volta das 16h de ontem. Algumas pessoas disseram aos militares no local que ouviram disparos por volta das 4h perto da casa das vítimas. Um vizinho contou ter estranhado a ausência do rapaz, que costuma ligar um registro de água todas as manhãs para abastecer o imóvel. 

À tarde, as testemunhas foram até a casa, notaram a porta arrombada e viram o casal morto a tiros com a criança entre eles.  Os policiais descrevem no boletim de ocorrência que os corpos estavam parcialmente cobertos por um lençol e os disparos teriam sido na cabeça em ambas as vítimas. O bebê estava deitado entre eles sujo de sangue. Ao verificar a criança, eles perceberam que ela tinha respiração fraca e mexeu uma das pernas. O bebé foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Nova Contagem, no município vizinho, inicialmente sem ferimentos aparentes.

Ainda de acordo com a polícia, moradores da região, que preferiram não se identificar por temer represálias, disseram ter ouvido uma discussão intensa do casal na noite anterior. Algum tempo depois, houve o arrombamento da porta e o som de pelo menos cinco tiros. Em seguida, uma motocicleta teria saído da direção da casa, mas essas testemunhas não souberam dizer quantas pessoas estavam no veículo e qual era o modelo. 

Familiares do homem assassinado também disseram à PM, segundo a ocorrência, que ele havia invadido a casa onde morava e não teria um bom relacionamento com alguns vizinhos por isso. Em data anterior, ele teria sido ameaçado ao se envolver em uma discussão. 

Inicialmente, como não havia parentes responsáveis pelo recém-nascido e apenas um documento que poderia ser dele – uma declaração de nascido vivo, o Conselho Tutelar foi acionado. Após a alta, as autoridades devem decidir a questão da guarda da criança. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Plantão de Betim. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade