Publicidade

Estado de Minas ABUSO DE MENOR

Homem promete sessão de fotos para estuprar menina de 12 anos em BH

Suspeito de cometer o crime tem 54 anos e negou as acusações diante da esposa e da filha. Porém, foi preso em flagrante depois que a vítima gritou e chorou ao avistá-lo na delegacia


11/10/2020 11:54 - atualizado 11/10/2020 12:18

Rua da Olaria, onde o homem parou a caminhonete e abusou de uma menina de apenas de 12 anos, conforme a PM (foto: Reprodução/Google Street View)
Rua da Olaria, onde o homem parou a caminhonete e abusou de uma menina de apenas de 12 anos, conforme a PM (foto: Reprodução/Google Street View)

A Polícia Militar prendeu na manhã desse sábado (10) um homem de 54 anos acusado de estuprar uma menina de 12 anos na Rua da Olaria, no Bairro Granja de Freitas, Região Leste de Belo Horizonte.

 

O crime aconteceu por volta das 10h. Segundo a polícia, a menina contou que estava na rua com outras crianças. Nesse momento, uma caminhonete branca suja de terra parou e disse que ela era "muito bonita".

 

Em seguida, o homem convenceu a menina a entrar na caminhonete, prometendo a ela uma sessão de fotos, conforme o boletim de ocorrência. Dentro do veículo, a vítima disse que teve seu seio apertado pelo estuprador, que também passou a mão em suas pernas.

 

Para se desvencilhar do abuso, a menina empurrou o homem com força e saiu da caminhonete. A família, diante dos fatos, acionou a Polícia Militar.

 

Ao chegar ao local e ouvir a vítima, a PM percebeu uma testemunha que se aproximava. Tratava-se de uma mulher que mora em frente ao lugar do ocorrido.

 

Essa pessoa contou aos policiais que sua câmera de segurança havia gravado as placas da caminhonete. Com a informação em mãos, os militares confirmaram que se tratava de um veículo branco da marca Chevrolet.

 

Ainda com as informações, a PM conseguiu levantar o nome e endereço do suspeito, em Sabará, na Grande BH. A guarnição se deslocou ao local para ouvir a versão do homem.

 

Prisão 

 

Ao chegar no endereço, a polícia conferiu que a caminhonete era a mesma das imagens. O homem recebeu os policiais e os acompanhou até a delegacia, onde negou as acusações diante da esposa e da própria filha.

 

Outra viatura, com a menina, chegou à delegacia. Conforme o boletim de ocorrência, os policiais queriam trocar a bateria de um rádio, mas contribuíram para que a vítima avistasse seu agressor novamente.

 

De imediato, a pré-adolescente gritou e chorou, segundo a PM. A vítima afirmava que aquele homem de cabelo grisalho e camisa branca em pé em frente à delegacia era o estuprador.

 

Assim, a PM deu voz de prisão ao homem e o encaminhou à Delegacia de Orientação e Proteção à Criança e ao Adolescente.

 

Já a vítima foi levada à Maternidade Odete Valadares, no Oeste de BH, para receber atendimento médico.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade