Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Itaúna: casos da COVID-19 dobram em apenas um mês

A cidade já ultrapassa a marca de 1 mil infectados e teve um aumento de 171% nos óbitos em 30 dias


09/10/2020 14:15 - atualizado 09/10/2020 15:23

Prefeitura afirma que ações de fiscalização e conscientização estão sendo realizadas (foto: Divulgação/Prefeitura de Itaúna)
Prefeitura afirma que ações de fiscalização e conscientização estão sendo realizadas (foto: Divulgação/Prefeitura de Itaúna)
O avanço da COVID-19 continua preocupante em Itaúna, no Centro-Oeste de Minas Gerais. O número de casos confirmados saltou de 499 para 1.003, em apenas 30 dias. Além disso, as mortes também apresentaram um crescimento expressivo, com uma escalada de 171% no período.

Se compararmos com o mês de agosto, o avanço no número de óbitos causados pelo coronavírus é ainda mais expressivo, 375%. No dia 9 de agosto, a cidade contabilizava quatro mortes e hoje, 9 de outubro, o número de vítimas fatais chega a 19. 

O último boletim epidemiológico, divulgado nesta sexta-feira (9), aponta que existem 83 casos ativos na cidade. No Hospital Manoel Gonçalves, que atende não só Itaúna, mas a microrregião que também compreende Itaguara, Itatiaiuçu e Piracema, existem 22 pacientes internados, sendo oito no CTI  e 14 na enfermaria.

Em nota, a prefeitura de Itaúna afirma que tem realizado ações de fiscalização em “estabelecimentos comerciais, industriais, prestadores de serviços, assim como em praças, ruas, além do contato direto com os munícipes, ofertando informações e máscaras”. 

As ações têm ocorrido em conjunto com a Vigilância Sanitária, o Procon e a Fiscalização de Posturas. Desde março, mais de 2.000 vistorias, 73 notificações e 9 autuações foram realizadas pela Fiscalização de Postura. 
 
Nas ações coordenadas, o Procon emitiu 5.723 notificações, realizou 16 autuações, multou 11 estabelecimentos e apresentou três denúncias ao Ministério Público, relacionadas à prática de preços abusivos. Alguns estabelecimentos teriam se aproveitado da diminuição da oferta de alguns produtos, causada pelo pandemia, para aumentar os preços.

A Vigilância Sanitária notificou 223 estabelecimentos e, desses, 11 foram autuados.  

A prefeitura deixa um canal aberto à população para denúncias, dúvidas, reclamações, sugestões e elogios, no que diz respeito a COVID-19. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, de 7h às 17h. 

Ouvidoria Pública: ouvidoria@itauna.mg.gov.br 
 
Telefones: 0800 2835 156 ou 3241-2414

Procon: 3241-2202 e 3241-3166 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade