Publicidade

Estado de Minas Reflexo da pandemia

Queda de 80% nas doações de sangue compromete atendimento na Santa Casa de Poços de Caldas

Algumas cirurgias precisaram ser adiadas na instituição; casos de urgência são considerados prioridade


08/10/2020 12:20 - atualizado 08/10/2020 12:43

Santa Casa atende 30 mil procedimentos por mês e tem adiado cirurgias não urgentes(foto: Poços Com/Divulgação)
Santa Casa atende 30 mil procedimentos por mês e tem adiado cirurgias não urgentes (foto: Poços Com/Divulgação)
A baixa no banco de sangue do Hemocentro de Poços de Caldas, no Sul de Minas, pode comprometer o atendimento na Santa Casa da cidade. Algumas cirurgias não urgentes precisaram ser adiadas por conta do problema.

 

Segundo o Hemocentro, as doações diminuíram 80% nas últimas três semanas. “As dificuldades começaram com a pandemia, mas há alguns dias o problema se agravou”, afirma a captadora do Hemocentro, Elizabeth Jacob. Atualmente, as doações precisam ser agendadas. No mês passado, eram feitas 120 coletas por dia, agora são 96.

 

A Santa Casa de Poços de Caldas atende 80 cidades da região e realiza 30 mil procedimentos por mês. Segundo a biomédica da instituição, alguns critérios são seguidos durante os atendimentos para que não falte sangue. Os casos de urgência são prioridade. “Já tivemos que adiar cirurgias que não eram consideradas urgentes por causa da baixa no estoque e a preocupação é constante”, diz a biomédica.

 

Ainda de acordo com o Hemocentro, são feitos mutirões para suprir a baixa no banco de sangue. “Não temos como dizer quando a situação vai melhorar, mas é preciso que as pessoas não deixem de doar”, conclui a captadora.

 

Critérios para ser um doador de sangue

 

 

  • Não apresentar sintomas de gripes ou problemas respiratórios.
  • Pessoas que fizeram tatuagem precisam aguardar um ano. 
  • Caso faça uso de alguma medicação, o doador deve informar aos funcionários para avaliação. 
  • Pacientes que fizeram o procedimento de endoscopia precisam esperar seis meses. 
  • Pessoas que tiveram Covid-19 só podem doar após um mês da cura, mas se o quadro foi grave, é preciso avaliação na triagem.

 

 

Agendamento para doações 

Para doar sangue é preciso agendar pelo site (www.hemominas.mg.gov.br). Outras informações pelo telefone (35) 2101-9300.

(Helena Lima/Especial para o EM) 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade