Publicidade

Estado de Minas TRIÂNGULO MINEIRO

Uberaba inaugura novo cemitério, o quarto da cidade

Cerimônia ecumênica registrou a entrada em operação do Memorial Parque Uberaba


28/09/2020 21:12 - atualizado 29/09/2020 08:25

A inauguração do cemitério não tem relação com a pandemia, segundo a prefeitura(foto: Prefeitura Municipal de Uberaba/Divulgação)
A inauguração do cemitério não tem relação com a pandemia, segundo a prefeitura (foto: Prefeitura Municipal de Uberaba/Divulgação)
Católicos, protestantes, espíritas, além de representantes de religiões africanas participaram, na tarde desta segunda-feira (28), de solenidade que marcou o começo das atividades no Memorial Parque Uberaba - Cemitério Ecumênico. 
 
De acordo com informações da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal, estiveram presentes no evento o Arcebispo Metropolitano de Uberaba, D. Paulo Mendes Peixoto; o presidente do Conselho de Pastores da Região do Triângulo Mineiro, Tiago Fogaça; a presidente da Aliança Municipal Espírita de Uberaba (AME), Sônia Barsante; e o representante das religiões de matrizes africanas, Marcílio Costa, do Centro Ilé Àse Ógún KOyadé.
 
O valor estimado para a construção do novo cemitério – localizado na Rua João Batista Ribeiro, próximo à Escola Agrotécnica IFTM e às margens da estrada municipal URA-010 – foi de cerca de R$ 30 milhões. “Temos neste espaço 30 mil hectares e serão 50 mil jazigos. Neste momento tem 700 prontos. E por se tratar de um cemitério parque, as lápides serão todas iguais, conforme modelos já existentes em diversas cidades brasileiras. Importante lembrar que 5% dos túmulos são destinados a enterrar pessoas que não têm condições financeiras de arcar com os custos do sepultamento”, declarou o prefeito de Uberaba, Paulo Piau, que destaca a necessidade de construção deste novo espaço na cidade, uma vez que os outros cemitérios no município já estão com suas capacidades exauridas. “Não temos mais espaços novos, nem no cemitério São João Batista, nem no Medalha Milagrosa, nem em Ponte Alta. Agora, o Cemitério Parque terá condições de atender Uberaba no próximo século”, disse Piau.

Atividades antecipadas, mas sem relação com a pandemia

As obras do novo cemitério de Uberaba não estão totalmente concluídas e continuam após o início dos sepultamentos, mas, serão devidamente controladas para que não atrapalhem os ritos fúnebres das famílias.
 
Segundo informações, a prefeitura antecipou o início dos sepultamentos no Memorial Parque Uberaba porque o coordenador dos outros três cemitérios da cidade (Medalha Milagrosa, São João Batista e Bom Pastor) declarou, recentemente, que o espaço para aberturas de covas está perto de se encerrar. 
 
A assessoria de imprensa da prefeitura de Uberaba explicou que a abertura do novo cemitério coincidiu com o período previsto em 2017, no início das obras, e que não há relação entre o fato e a pandemia do novo coronavírus, que já matou na cidade 140 pessoas. "A previsão era de que o esgotamento das sepulturas na cidade ocorreria em 32 meses, ou seja, no segundo semestre de 2020". 
 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade