Publicidade

Estado de Minas PREVISÃO DO TEMPO

Com 37,3°C, BH tem setembro mais quente da história; confira recordes

Temperatura na capital só foi mais alta em 2015, quando Minas passou por uma forte onda de calor, diz Instituto Nacional de Meteorologia


28/09/2020 18:38 - atualizado 28/09/2020 19:08

Crianças se refrescam na mina de água da Barragem Santa Lúcia, na Região Centro-Sul de BH(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)
Crianças se refrescam na mina de água da Barragem Santa Lúcia, na Região Centro-Sul de BH (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)

Em uma segunda-feira de sol e muito calor, Belo Horizonte registrou o dia mais quente do ano. Os termômetros alcançaram 37,3°C entre 13h e 14h na estação meteorológica da Pampulha. Essa temperatura é a maior no mês de setembro desde o início da série histórica feita pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que começou em 1910.

É também a terceira maior temperatura já registrada em Belo Horizonte pelo Inmet há 110 anos. O recorde ocorreu em 2015, quando a região passou por uma forte onda de calor. O topo do ranking tem 37,7°C em 22 de outubro daquele ano. Em segundo lugar fica o termômetro de 16 de outubro, com 37,4°C.

No ano passado, a maior temperatura foi 35,5°C, em 13 de setembro. O recorde de 2020 havia sido na semana passada, quando os termômetros atingiram 35,6°C, no dia 19. Essa elevação da temperatura em Minas é o resultado de uma massa de ar quente e seco que atua pela Região Central do país.

“Temos um sistema de alta pressão associado ao sistema de bloqueio que não deixa a frente fria avançar”, explica o meteorologista e coordenador do Inmet, Lisandro Gemiacki.

Segundo o especialista, a previsão para os próximos dias não é de alívio: “As temperaturas devem ficar altas até sábado. Vão cair de 36°C para 34°C, não é muita coisa”.

Para o meteorologista, os números não são para assustar. “Neste ano, a massa de calor está bem densa e bem persistente. No entanto, é relativamente normal nesta época, entre setembro e outubro, que os termômetros registrem as maiores temperaturas”, disse Lisandro.

Tempo seco

De acordo com o Inmet, a semana toda tende a ser quente e seca. Nesta segunda-feira (28), a umidade relativa do ar ficou em 13% na hora mais seca do dia. 

A Defesa Civil da capital divulgou alerta de baixa umidade válido até 18h de sexta-feira (2), já que o índice abaixo de 30% é preocupante.

O ideal, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), é que ela varie entre 50% e 80%. Por isso, o órgão pede que a população redobre a atenção e se hidrate.

Recomendações

  • Hidrate-se durante o dia;
  • Prefira alimentos leves e frescos, como saladas, frutas, carnes grelhadas;
  • Evite frituras;
  • Durma em local arejado e umedecido por aparelhos umidificadores, ou ainda coloque uma bacia com água;
  • Evite atividades físicas ao ar livre e exposição ao sol entre 10h e 17h;
  • Evite banhos com água quente, para não potencializar o ressecamento da pele, e se necessário use hidratante;
  • Em caso de problemas respiratórios procure um especialista;
  • Em caso de incêndio em mata ou floresta, avise imediatamente ao Corpo de Bombeiros (193), Defesa Civil (199) ou Polícia Militar (190).

(Fonte: Defesa Civil de BH)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade