Publicidade

Estado de Minas CRIME

Prisões indicam aumento do tráfico de drogas no Centro de Belo Horizonte

Com um dos suspeitos foi encontrada a chave de um carro; no veículo havia tabletes de maconha, celulares e R$ 713 em dinheiro


28/09/2020 16:03 - atualizado 28/09/2020 16:13

Material apreendido dentro do carro de um dos suspeitos(foto: PMMG/Divulgação)
Material apreendido dentro do carro de um dos suspeitos (foto: PMMG/Divulgação)
Nos últimos dois meses, houve muitos casos de traficantes presos no Centro de Belo Horizonte. Na sexta-feira (25), por exemplo, foi detectada uma nova prática nesse tipo de crime, com a prisão de dois homens que seriam intermediários – ou seja, responsáveis por formarem grupos de consumidores de drogas e depois de recolher dinheiro, para uma grande compra.

 

Eles conseguiam, junto ao tráfico, a aquisição de grande quantidade de droga por um valor inferior, o que lhes possibilitava lucro de quase 100% em cada venda.

Na madrugada desta segunda-feira (28), na Avenida Oiapoque, durante patrulhamento, policiais do Gepar do 1º BPM suspeitara da atitude de três homens. Ao serem abordados, eles demonstraram nervosismo e tentaram justificar a presença ali, porém de maneira desconexa.

Na revista feita pelos policiais com um dos homens foi encontrada a chave de um veículo, que um dos suspeitos dizia ser seu. O carro foi encontrado estacionado na Rua dos Guaicurus, e no interior dele havia 13 tabletes de maconha, três celulares e R$ 713 em dinheiro cuja procedência o suspeito não soube informar.

A suspeita maior é que os três municiavam moradores em situação de rua para a venda de drogas na região.

Eles foram levados, juntamente com o veículo e as drogas apreendidas, para o Deflan II.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade