Publicidade

Estado de Minas DENÚNCIA ANÔNIMA

PM apreende quase 400kg de maconha em Pará de Minas

Também foram apreendidos mais de R$ 100 mil em espécie, um revólver, munição e um veículo clonado


22/09/2020 10:51 - atualizado 22/09/2020 12:39

Grande apreensão de materiais ilícitos em Pará de Minas(foto: Divulgação/Polícia Militar)
Grande apreensão de materiais ilícitos em Pará de Minas (foto: Divulgação/Polícia Militar)
Uma operação policial na madrugada dessa terça-feira (22) em Pará de Minas, no Centro-Oeste do estado, resultou na prisão de três pessoas e na apreensão de grande quantidade de drogas e de dinheiro em espécie. Um dos detidos seria chefe de uma rede de tráfico da região.

A operação foi motivada por uma denúncia anônima de que um dos detidos, um homem de 42 anos, morador da cidade vizinha de Igaratinga, estava chefiando a organização. Os policiais foram informados, também, de que ele iria entregar drogas em uma residência na região das Chácaras Bom Dosco, às margens da rodovia BR-262.

O suspeito foi localizado conduzindo um veículo Toyota Yaris, próximo ao local citado na denúncia, e fugiu ao avistar os policiais. Na fuga, bateu o carro e seguiu a pé, pulando de um barranco de cerca de 18 metros de altura, para depois esconder-se em uma vegetação.

Os policiais o encontraram escondido na mata. No carro, foram encontradas duas pedras grande de crack. Em seguida, foram até um sítio na região de Trindade, na zona rural de Pará de Minas, que, segundo a denúncia, era o destino da droga.

No imóvel, os policiais encontraram, em um cômodo anexo, 388 tabletes de maconha, pesando de 900g a 1kg cada, um revólver calibre 38 e doze munições, uma quantia em R$ 2.495 em dinheiro. No quintal da casa, foi localizado um veículo Toyota Corolla preto furtado e com placa adulterada. Os dois moradores da casa, um homem de 30 anos e uma mulher de 22, eram comparsas do esquema e foram presos.

A Polícia também fez buscas na residência do suspeito de ser o líder do esquema, de 42 anos. Na casa dele, em Igaratinga, foram apreendidos R$ 133.300,00 em espécie. O trio foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Pará de Minas. Antes, o chefe foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para tratar dos ferimentos durante a tentativa de fuga.

O comparsa, de 30 ano,s estava em liberdade condicional e já respondeu a processo por crime de associação ao tráfico. Não há informações sobre histórico de crimes da mulher presa.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade