Publicidade

Estado de Minas Sustentabilidade

Campanha propõe uso de fraldas ecológicas em tempos de aumento da pobreza

Fraldas ecológicas serão doadas para crianças carentes na Região Metropolitana de Belo Horizonte


21/09/2020 16:44 - atualizado 21/09/2020 19:16

Serão doadas 300 fraldas ecológicas para bebês de periferias de BH(foto: Fraldadinhos/Divulgação )
Serão doadas 300 fraldas ecológicas para bebês de periferias de BH (foto: Fraldadinhos/Divulgação )
A campanha “Fraldinhas nas Vilas”, criada pela força-tarefa Periferia Viva, pretende arrecadar 300 fraldas ecológicas para crianças indígenas, quilombolas e de periferias da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Desde o começo da pandemia, as lideranças comunitárias têm recebido inúmeros pedidos de doação de fraldas.

Com o aumento da demanda, e pensando em uma solução sustentável e permanente, surgiu a idéia das fraldas ecológicas. As doações podem ser feitas por meio de um vaquinha online, até o dia 30 deste mês. 
Um bebê gasta, em média, sete fraldas descartáveis por dia, gerando um custo aproximado de R$140,00 por mês para a família. Em um momento de crise, esse valor pode pesar ainda mais no orçamento familiar. As fraldas ecológicas podem ser uma solução definitiva, já que são laváveis e possuem ajustes para diversos tamanhos. 

Além disso, elas têm outras vantagens em relação às descartáveis. São mais econômicas, pois são compradas só uma vez, os tecidos podem ser lavados em máquinas e têm secagem rápida.   

Para se ter uma ideia, o valor total gasto em fraldas descartáveis para um bebê nos seus três primeiros anos daria para comprar fraldas ecológicas, no mesmo período, para quatro crianças.  

Elas também são mais confortáveis para os bebês, pois provocam menos assaduras. As fraldas ecológicas acompanham, ainda, o crescimento das crianças, já que têm botões de pressão que ajustam aos tamanhos P, M e G. 

São mais sustentáveis: estima-se que cada bebê usa, até o desfralde, cerca de 5.440 fraldas. Cada peça descartável demora até 450 anos para se decompor. 

Meta da Campanha 

O objetivo da Periferia Viva é conseguir verba para a compra das 300 fraldas que serão entregues para 100 crianças de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. Cada uma receberá um kit inicial com 3 fraldas ecológicas por bebê e seis absorventes reutilizáveis, além de um material informativo sobre o uso e instruções para lavagem adequada.

Esta seria a primeira etapa da campanha. As famílias contempladas poderão testar e se adaptar, para, em uma segunda etapa, receberem o enxoval completo. As doações podem ser feitas através do site www.benfeitoria.com/fraldinhas.   

A empresa Fraldadinhos vai dobrar o valor arrecadado na campanha "Fraldinhas nas Vilas". Ela é uma fabricante de fraldas ecológicas que pretende popularizar o produto no Brasil, além de se preocupar com causas sociais e ambientais. Para saber mais acesse www.fraldadinhos.com.br 


Recompensas

Aqueles que doarem acima de R$100,00, receberão o ebook infantil Olha Olha, da autora e ilustradora Bruna Lubambo. É um livro voltado aos pré-leitores, que convida crianças e mediadores de leitura a brincarem com o olhar, ao mesmo tempo em que conhecem diferentes e simpáticos personagens criados com recortes de papel.

O texto e as ilustrações são de Bruna, que é ilustradora, designer, escritora, educadora e mãe de um menino. A concepção do projeto também é feita por Bruna, em parceria com Aline Lucena, fonoaudióloga e mestre em Ciências da Saúde da Criança e Adolescente pela UFMG.  
 
* Estagiária sob supervisão de Álvaro Duarte 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade