Publicidade

Estado de Minas SUL DE MINAS

Dupla suspeita é morta por PMs após perseguição na Fernão Dias

Os dois homens roubaram um caminhão de gás em Extrema, onde deram início à fuga, que chegou ao fim em Vargem-SP


17/09/2020 15:06 - atualizado 17/09/2020 15:25

Os criminosos resistiram à prisão e foram baleados pelos PMs(foto: Divulgação/Polícia Militar de Minas Gerais)
Os criminosos resistiram à prisão e foram baleados pelos PMs (foto: Divulgação/Polícia Militar de Minas Gerais)
Dois homens suspeitos de roubar um caminhão de gás em Extrema, no Sul de Minas Gerais, foram mortos por policiais militares na madrugada dessa quarta-feira (16), após uma perseguição de aproximadamente 20 km na Rodovia Fernão Dias. A fuga chegou ao fim em Vargem, município que fica na divisa do estado mineiro com São Paulo.

Segundo a Polícia Militar, a dupla roubou o caminhão em Extrema e manteve o motorista como refém durante o percurso. A PM teve ciência do caso por meio de uma denúncia anônima. Depois do telefonema recebido, policiais localizaram o caminhão em um posto, às margens da Fernão Dias

Ao chegarem ao local indicado, houve início a perseguição pela estrada. Ainda de acordo com os militares, os suspeitos resistiram às ordens de parada do caminhão e de libertação do refém. Pouco mais à frente – na altura do pedágio –, os policiais fizeram um cerco ao caminhão. 

Sem terem para onde seguir, os homens desceram do caminhão, mas ainda sim resistiram à prisão. Segundo o relato dos militares, um deles estava segurando um objeto preto não identificado nas mãos.

Em razão da resistência, eles foram baleados e levados ao pronto-socorro de Extrema, porém não resistiram e morreram no caminho. 

O refém, que foi libertado sem se ferir gravemente, disse aos policiais que a dupla de criminosos usou uma arma para ameaçá-lo. A arma, no entanto, não foi encontrada. 
 
*Estagiário sob supervisão da editora Liliane Corrêa


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade