Publicidade

Estado de Minas EDUCAÇÃO

Rede estadual de ensino básico de MG não bate nenhuma meta prevista para 2019

Apesar do avanço, estado não conseguiu bater as metas; dados do Ideb serão comentados hoje pelo governo


15/09/2020 12:41 - atualizado 15/09/2020 12:49

Escola Estadual Barão de Rio Branco, na Savassi(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press - 21/03/2011)
Escola Estadual Barão de Rio Branco, na Savassi (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press - 21/03/2011)
A rede estadual de ensino básico de Minas Gerais não bateu nenhuma meta prevista para 2019 - é o que aponta os dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Os números serão comentados pelo governador Romeu Zema (Novo) em entrevista coletiva marcada para a tarde desta terça-feira (15).

O Ideb calcula o desempenho nos alunos nas séries finais do Ensino Fundamental I (5º Ano, antiga 4ª Série), do Ensino Fundamental II (9º Ano, antiga 8ª Série) e do Ensino Médio (3ª Série). O melhor desempenho da rede estadual de ensino foi no Ensino Fundamental I, em que a nota foi 6,5 e a meta era de 6,6.

A nota da rede estadual do Ensino Fundamental II foi de 4,6, ante a meta de 5,3. Já o Ensino Médio alcançou nota 4, enquanto a meta era 5.

Apesar de não ter atingido a meta, as notas da rede estadual, em geral, vêm subindo. No Ensino Médio saltou de 3,6 em 2017 para 4,0 em 2019. No Ensino Fundamental II, de 4,4 para 4,6. No Ensino Fundamental I não houve avanço, mas também não houve queda: manteve-se em 6,5.

O Ensino Médio da rede estadual não atinge a meta estipulada pelo Ideb desde 2011. O Ensino Fundamental II, por sua vez, desde 2013. O Ensino Fundamental I alcançou na última medição, em 2017.

Criado em 2007, o índice calcula a cada dois anos o desempenho do sistema educacional a partir de notas das provas de língua portuguesa e matemática do Sistema de Avaliação de Educação Básica (Saeb) e da taxa de aprovação dos alunos nas séries analisadas, tanto de escolas da rede pública quanto da rede particular. As notas vão de 0 a 10.

Geral da rede pública mineira (Municipal, Estadual e Federal)


As metas também não foram alcançadas se considerarmos a totalidade da rede pública de ensino de Minas Gerais - incluindo escolas municipais, estaduais e federais. Nesse caso, somente há dados dos ensinos fundamental I e II.

A nota do Ensino Fundamental I foi de 6,3, ante a meta de 6,4. O Ensino Fundamental II alcançou nota 4,7, enquanto a meta era 5,3.

Rede privada de Minas Gerais


Os dados sugerem um verdadeiro abismo entre as realidades das escolas particulares quando comparadas com as públicas. Apesar de também não terem alcançado nenhuma meta, os números são muito superiores.

O Ensino Fundamental I da rede particular alcançou nota 7,8, enquanto a meta era 8. O Ensino Fundamental II, por sua vez, chegou a 6,9, ante a meta de 7,6. No Ensino Médio, a nota foi de 6,4 e a meta de 7,3.

Como são estipuladas as metas?


As metas do Ideb foram instituídas em 2005, a partir de uma curva de projeção crescente até 2095. A distância entre o indicador real e a meta estipulada aumenta conforme as etapas escolares avançam.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade