Publicidade

Estado de Minas FOGO CRIMINOSO

Terceiro ônibus é incendiado em menos de uma semana em Belo Horizonte

Polícia penal tem certeza de que ordens partiram de dentro da Penitenciária Nélson Hungria


13/09/2020 12:33

(foto: CBMMG)
(foto: CBMMG)

Pela terceira vez, essa semana, um ônibus é incendiado em Belo Horizonte. Dessa vez, no fim da noite desse sábado (12), no Bairro Jardim Felicidade.

Nos dois primeiros casos, na quarta-feira (9) e sexta-feira (11), os criminosos deixaram bilhetes com ameaças, caso não sejam restabelecidas as visitas aos presos na Penitenciária Nélson Hungria. Nesse último caso, embora não tenha sido encontrado nenhum recado, a polícia trabalha com a hipótese de o crime estar relacionado ao mesmo propósito.

O ônibus da linha 705 foi incendiado na Rua Josefina Guimarães Vieira, 2505, por volta de 23h. Segundo o motorista, os autores são três homens, que invadiram o coletivo, anunciando que se tratava de um assalto, e depois de roubar celulares e dinheiro, mandaram que todos os passageiros descessem.

Em seguida, atearam fogo no ônibus e fugiram, mas segundo uma testemunha, um dos ladrões fez menção ao fato de as visitas estarem proibidas na Penitenciária Nélson Hungria.

O Corpo de Bombeiros foi chamado ao local. As chamas ameaçaram uma residência, cujos moradores pediram socorro. Para apagar as o incêndio, que destruiu o veículo, foram gastos 45 mil litros de água.

No primeiro incêndio, na última quarta-feira, de um coletivo que liga a Estação São Gabriel ao Bairro São Tomás, da linha 5502, foi deixado um bilhete alertando que iriam espalhar o terror por conta da proibição de visitas à Nélson Hungria.

Na sexta-feira, no Bairro Gabriel ao Jardim Vitória II, outro bilhete, esse, mais grave, pois os criminosos ameaçaram começar a matar agentes penitenciários.

A Polícia trabalha com a hipótese de que as ordens para os incêndios partiram, todas, de dentro da Penitenciária Nélson Hungria. Por isso, uma investigação foi iniciada pela Polícia Penal, já na sexta-feira. O objetivo é identificar os mandantes, o mais rápido possível.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade