Publicidade

Estado de Minas SEIS MESES DEPOIS

Rola Moça e mais dois parques estaduais serão reabertos neste sábado

Visitantes deverão seguir protocolo de segurança com uma série de orientações e restrições.


11/09/2020 16:34 - atualizado 11/09/2020 17:27

(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press - 10/8/17)
(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press - 10/8/17)
Fechados desde 18 de março, por conta das medidas preventivas contra a transmissão do novo coronavírus, três parques estaduais serão reabertos para visitas públicas neste sábado (12): da Serra do Rola-Moça, na  Grande BH; da Lapa Grande, em Montes Claros (Norte de Minas); e do Biribiri, em Diamantina, no Vale do Jequitinhonha.
 
A reabertura das unidades de conservação foi autorizada por meio de portaria do Instituto Estadual de Florestas (IEF), responsável pela gestão dos parques. Mas os visitantes deverão seguir um protocolo de segurança com uma série de orientações e restrições. 

Entre as exigências estão: uso de máscara, levar o próprio álcool em gel para higienização das mãos, evitar locais com aglomerações, mantendo o distanciamento físico de no mínimo 2 metros de outras pessoas que não sejam de seu núcleo familiar. Os visitantes também deverão levar a  sua própria garrafa de água para consumo e priorizar horários de menor circulação de pessoas.

De acordo com o IEF, “as unidades estão liberadas para limitar o número de visitantes e promover o aumento gradativo ao longo do tempo e do espaço, visando evitar aglomerações ou picos de visitação em determinados locais, dias ou horários. Além disso, a reabertura deverá observar a realidade de cada município, de acordo com as ondas do plano Minas Consciente, além de outros critérios descritos na portaria publicada.

O diretor-geral do IEF,  Antônio Malard, explica que a reabertura das unidades de conservação do estado ““será gradativa, sempre priorizando a saúde da população e de nossos servidores”. Ele salienta  cada  unidade vai desenvolver seu protocolo específico e será verificada a possibilidade de realização de visitas por meio de agendamento, assim como do pagamento prévio das entradas. 

“Na Serra do Rola Moça, por exemplo, vamos reabrir a visitação nos mirantes, inicialmente, para organizar a permanência naqueles espaços”, ressalta.

O Instituto Estadual de Florestas informou que a reabertura de outras unidades de conservação vai depender da situação das suas regiões dentro do Plano Minas Consciente. “Unidades de conservação inseridas em territórios que estiverem nas ondas amarela e verde estão liberadas para a retomada da visitação, enquanto aquelas que estiverem em áreas com onda vermelha permanecerão fechadas ou terão que interromper a visitação em caso de retrocesso de estágio”, informou o IEF. 

Os outros parques a serem reabertos serão divulgados no site do órgão ambiental.  “Antes de planejar a ida à unidade, o visitante deve verificar o site do IEF para se certificar se as unidades estarão abertas e quais são as regras específicas para visitação em cada uma”, alerta Malard. 


A portaria do IEF também determina que o uso das estruturas destinadas à hospedagem de visitantes e pesquisadores e das estruturas de apoio à visitação, como restaurantes e lanchonetes, deve obedecer às orientações previstas no protocolo sanitário do Plano Minas Consciente. Todas as cavidades abertas à visitação dentro das unidades que exigirem equipamentos de uso pessoal e coletivo, tais como capacetes, lanternas, coletes, máscaras, calçados, vestimentas, dentre outros, deverão estabelecer procedimentos e mecanismos para a completa desinfecção destes itens.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade