Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Campo Belo decide fechar comércio após aumento de casos de COVID-19

Município está onda amarela do Programa Minas Consciente, mas vai regredir para conter o avanço do novo coronavírus; Medida começa a valer nesta quinta-feira (10)


10/09/2020 09:37 - atualizado 10/09/2020 10:02

Campo Belo decide regredir para conter avanço da COVID-19(foto: Fernando Protásio/Divulgação)
Campo Belo decide regredir para conter avanço da COVID-19 (foto: Fernando Protásio/Divulgação)
A Prefeitura de Campo Belo, no Sul do Estado, decidiu fechar o comércio após aumento de casos de COVID-19. O município está onda amarela do Programa Minas Consciente, mas vai regredir para conter o avanço do novo coronavírus. A nova medida começa a valer a partir desta quinta-feira (10).

 

De acordo com a prefeitura, a cidade segue com 754 casos positivos e 16 mortes confirmadas pela doença. “Hoje (quinta), pela manhã, tivemos a confirmação de mais uma morte que vai entrar no boletim divulgado no fim da tarde. Uma pessoa bem conhecida na cidade, que foi diretora escolar. E nas últimas 48 horas, registramos 74 casos novos de COVID-19”, explica assessoria de imprensa da prefeitura.

 

Novo decerto começa a valer nesta quinta-feira (10)(foto: Prefeitura de Campo Belo)
Novo decerto começa a valer nesta quinta-feira (10) (foto: Prefeitura de Campo Belo)
Segundo o decreto publicado, lojas de departamento, barbearias e empórios só vão retornar o funcionamento na próxima quarta-feira (16). “Atividades essenciais como hospitais, farmácias, laboratórios, açougues, padarias, supermercados, oficinas mecânicas, postos de combustíveis, entre outros, podem funcionar”, diz.

 

Ainda segundo o decreto, bares, botecos, clubes de recreação, igrejas e academias só voltam a funcionar a partir do dia 24 de setembro. E depois desse prazo vão respeitar o limite de 50% de ocupação e outras medidas. “É lamentável estas novas medidas que afetarão muitas pessoas. É ainda mais lamentável a maioria pagar pela irresponsabilidade da minoria. Mas não tenho escolha. Não consigo mais ver meu povo morrer pela COVID-19”, finaliza o prefeito, Alisson de Assis Carvalho (PSB).

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade