Publicidade

Estado de Minas FISCALIZAÇÃO

Bar é interditado no Centro de BH por venda de bebidas alcoólicas

Um dos clientes que estava no estabelecimento, localizado na Rua Padre Belchior, próximo ao Mercado Central, foi preso por desacato aos guardas municipais


09/09/2020 14:29 - atualizado 09/09/2020 17:35

O estabelecimento foi interditado por descumprir o decreto municipal (foto: Gladyston Rodrigues/ EM/ D.A Press)
O estabelecimento foi interditado por descumprir o decreto municipal (foto: Gladyston Rodrigues/ EM/ D.A Press)
Um bar localizado na Rua Padre Belchior, número 114, próximo ao Mercado Central, no Centro de Belo Horizonte, foi interditado na tarde desta quarta-feira (9) por desrespeitar as normas previstas no decreto municipal que flexibilizou o funcionamento desses espaços. 

No local conhecido como Bar do João, clientes estavam consumindo bebidas alcoólicas – o que é contra as regras previstas no decreto municipal em vigor neste momento – e funcionários do estabelecimento estavam sem máscaras
 
De acordo com o Plinio Marcos, gerente de Fiscalização de Controle Urbanistica e Ambiental da Regional Centro-Sul, além de descumprir o decreto da prefeitura, o estabelecimento apresentava outras irregularidades no alvará.
 
"Ao verificarmos o alvará, constatamos que ele está autorizado para funcionar apenas como lanchonete, mas estava funcionando como bar e restaurante. Então, o estabelecimento foi interditado e o dono vai receber uma notificação de desconformidade do alvará", declarou. 

Ver galeria . 17 Fotos Gladyston Rodrigues/ EM/ D.A. Press
(foto: Gladyston Rodrigues/ EM/ D.A. Press )
 
Ainda segundo o gerente de fiscalização, com a interdição, o estabelecimento não poderá abrir até que a situação seja regularizada. "Em caso de  descumprimento da norma o proprietário vai pagar uma multa de R$ 17 mil. Em caso de reincidência ele será interditado novamente já com a multa aplicada e após essa etapa o alvará seria caçado". 

Prisão 

 
Após a ação fiscal, um dos clientes que estava no bar desacatou os agentes e foi preso. 

Segundo a Guarda Municipal, ele foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Centro-Sul para fazer exame de corpo de delito e depois será conduzido à Delegacia Adjunta ao Juizado Especial Criminal (Deajec).
 
*Estagiário sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade