Publicidade

Estado de Minas DESACORDADO

Laudo do IML apontará motivo da morte de detento no presídio de Uberaba

Companheiros de cela pediram ajuda aos guardas e levaram colega para enfermaria


08/09/2020 20:38 - atualizado 08/09/2020 20:51

Segundo agentes penitenciários, homem chegou à enfermaria com batimentos baixos(foto: Google Street View/Reprodução )
Segundo agentes penitenciários, homem chegou à enfermaria com batimentos baixos (foto: Google Street View/Reprodução )

A Delegacia de Uberaba instaurou inquérito para apurar a morte de um detento, de 44 anos, no Presídio Professor Aluízio Ignácio de Oliveira, no final da tarde desta terça-feira (8).
 
Segundo informações de agentes penitenciários, o homem, natural de Ribeirão Preto (SP), começou a passar mal e os outros presos que estavam na cela começaram a gritar por socorro, pedindo ajuda.

Os guardas penitenciários abriram a cela e seus colegas o levaram até a enfermaria do presídio, onde chegou desacordado, com batimentos cárdicos baixos.

Os médicos tentaram reanimá-lo, mas não obtiveram sucesso. A morte foi declarada por volta das 16h. Segundo os primeiros exames, a vítima não tinha escoriações pelo corpo, nem sinais de que teria sofrido violência. O atestado de óbito atribui a morte a um mal súbito.

O corpo foi encaminhado para o IML.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade