Publicidade

Estado de Minas FORAGIDO INTERNACIONAL

Procurado pela Interpol é flagrado pela PF tentando fugir em Confins

Acusado de fraudes contra o governo da Tunísia, italiano foi mandado de volta para país de origem


03/09/2020 08:42 - atualizado 03/09/2020 10:52

Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins - Foto ilustrativa(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins - Foto ilustrativa (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Um italiano de 61 anos foi deportado para seu país na noite dessa quarta-feira (2), depois de ser flagrado tentando fugir no Aeroporto Internacional de Confins, na Grande BH. Ele é foragido da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) por fraudes contra a administração pública da Tunísia.

O homem chegou no Brasil por meio do Aeroporto Internacional Tancredo Neves na última segunda-feira (31). Durante fiscalização migratória de rotina realizada pela Polícia Federal, ele foi identificado como procurado internacional.

Segundo a difusão vermelha (alerta internacional emitido pela Interpol de que há mandados de prisão expedidos contra alguém), o foragido teria importado mármore da Itália para a Tunísia, fraudando documentos fiscais para pagar menos impostos de importação.

O mandado de prisão contra ele é válido até 31/12/2023. Por não haver tratado de extradição (acordo entre países de entrega de pessoas acusadas ou condenadas) entre Brasil e Tunísia, a entrada dele em território nacional foi impedida e ele deportado para seu país de origem - no caso, a Itália.

Ainda não se sabe o que motivou o homem a escolher fugir para o Brasil, especificamente para Belo Horizonte. A Polícia Federal não informou se a capital mineira era de fato o destino final dele.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade