Publicidade

Estado de Minas ESTELIONATO

Paulistas que aplicavam golpes em bancos de BH são presos no Anchieta

Um dos integrantes do trio se passava por funcionário da agência e fingia ajudar clientes idosos para roubar cartões e usar senhas


02/09/2020 16:41

(foto: PMMG/Divulgação )
(foto: PMMG/Divulgação )
Três paulistas, dois de 36 anos e um de 49, foram presos pela Polícia Militar por estelionato em agências bancárias de Belo Horizonte. Eles se passavam por funcionários da agência e fingiam ajudar clientes da agência, na maioria idosos, para roubar cartões, trocando-os por falsos, depois de decorarem as senhas. A prisão aconteceu na Avenida Francisco Deslandes, 790, no entanto a maioria dos golpes aconteceu em bancos do Bairro Belvedere. Com o trio, foram apreendidos 59 cartões clonados de bancos, nove celulares, sendo quatro novos, seis carteiras de identidade, um crachá falso de um banco, vários boletos e documentos bancários, além de R$ 4.465.
O golpe envolvia três homens que entravam na agência e fingiam usar os caixas eletrônicos. De suas posições, observavam clientes que estavam tendo dificuldades com o equipamento. Nesse instante, um dos três se aproximava da pessoa em apuros se apresentando como funcionário da agência, oferecendo ajuda.

Dessa maneira, conseguiam, decorando, o nome, conta e senha do cartão. Faziam então a troca do cartão, sem que a vítima percebesse. Depois, se dirigiam a outra agência e sacavam quantias em dinheiro.

Na manhã desta quarta-feira (2), policiais do 22º BPM faziam a ronda pela Avenida Francisco Deslandes, quando foram alertados por transeuntes, que informaram aos militares que três homens estariam em atitudes suspeitas, dentro da agência, falando com clientes.

Os policiais desceram do carro e foram, então, até a agência bancária. Ao avistarem os policiais, os homens saíram correndo. Foram perseguidos e acabaram presos. Os policiais os levaram, então, ao hotel em que estavam hospedados, na Pampulha, e conseguiram pegar os documentos falsos, além de vários cartões bancários.

Facilidade surpreendente

A surpresa maior aconteceu quando os homens foram reconhecidos. Dois deles tinham sido presos em 21 de agosto de 2019, quando aplicavam golpes contra clientes de um banco na Avenida Prudente de Morais, no Bairro Cidade Jardim, sendo que eles relataram que, apesar de presos, foram colocados em liberdade no mesmo dia, e seguiram na prática do mesmo crime.

Pelas passagens aéreas encontradas no hotel, os policiais detectaram que eles chegaram a BH na última segunda-feira, desembarcando no Aeroporto de Confins. Um dos autores, ao confessar os crimes aos policiais, disse que “é bom aplicar golpes, pois o povo é calmo e tem dinheiro".

Os policiais descobriram que, pouco antes de ser preso, o trio tinha aplicado um golpe numa senhora de 68 anos, num banco do Bairro Anchieta, sacando R$ 2.000 da conta dela. A ocorrência foi registrada na 3ª DP Sul, para onde os golpistas foram levados.
 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade