Publicidade

Estado de Minas

Homem de 70 anos é preso suspeito de estuprar menina de 11 em Ribeirão das Neves

Segundo a polícia, homem é namorado da avó materna da criança e, segundo a vítima, cometia os abusos há um ano. Menina disse que foi ameaçada para não contar


01/09/2020 06:55 - atualizado 01/09/2020 11:26

Criança recebeu atendimento no Hospital São Judas Tadeu, para onde havia sido levada pelo suspeito horas antes(foto: Reprodução da internet/Google Maps)
Criança recebeu atendimento no Hospital São Judas Tadeu, para onde havia sido levada pelo suspeito horas antes (foto: Reprodução da internet/Google Maps)

Um homem de 70 anos foi preso, na madrugada desta terça-feira, suspeito de estuprar uma menina de 11 anos em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A criança é neta da namorada dele e o crime foi descoberto depois que ela passou mal e foi levada ao hospital por ele. No caminho de volta, ele ameaçou a menina para que ela não denunciasse, mas ela revelou os abusos à mãe. A Polícia Civil informou que ele foi preso em flagrante.

De acordo com a Polícia Militar (PM), uma viatura que realizava patrulhamento nesta madrugada recebeu uma denúncia via 190 de que circulava a notícia de um possível estupro de vulnerável no Bairro Belvedere. Chegando ao endereço, eles foram recebidos pela mãe da criança. 

A mulher contou aos policiais que a menina passou mal, reclamando de dores abdominais e vômito, e pediu para ir a um hospital. O suspeito chegou e ouviu parte da conversa dela com a criança. Segundo ela, ele prontamente se ofereceu para levar a menina ao hospital, argumentando que ele tem o benefício da gratuidade no transporte público e que a família poderia ficar tranquila. A mulher aceitou a oferta e deixou a menina sob responsabilidade do suspeito, que tem um relacionamento com a mãe dela. 

O homem levou a menina ao Hospital São Judas Tadeu, onde ela foi atendida e depois o suspeito a entregou à mãe em casa. A mulher disse que, após conversar com a criança, desconfiou do comportamento dela, até que a menina resolveu se abrir. Como durante a madrugada não havia uma equipe especializada disponível para ouvir a criança, os policiais colheram o depoimento dela amparada pela mãe.

De acordo com a PM, a criança contou a ela que vinha sendo abusada sexualmente pelo namorado da avó há pelo menos um ano na casa dele e detalhou o que ele fazia. A menina ainda disse que, no hospital, ele disse para ela não contar a ninguém e, na volta, dentro do ônibus, ele passou a mão no corpo de e a ameaçou. Conforme a vítima, o homem disse que, se ela gostasse da mãe, não devia contar nada a ela e nem aos familiares, ou a mulher apareceria morta e ela seria culpada. 

Os policiais levaram a criança ao hospital novamente e ela foi atendida conforme os protocolos para esse tipo de crime. Ainda de acordo com a PM, o suspeito foi localizado em casa e informado da denúncia. Conforme o boletim de ocorrência, questionado, “ele alegou em sua defesa que, infelizmente, cedeu às tentações psicológicas”, e não negou o crime. A mãe e a criança foram levadas a uma delegacia da cidade para receber auxílio e o homem foi detido.

A Polícia Civil informou que ratificou a prisão em flagrante do idoso por estupro de vulnerável. “Todas as medidas cabíveis já estão sendo realizadas para resguardar a saúde física e psicológica da vítima”, informou a instituição no fim da manhã.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade