Publicidade

Estado de Minas NORMAS

Confira o protocolo para funcionamento dos restaurantes em BH

Prefeito Alexandre Kalil (PSD) anunciou reabertura da atividade na capital mineira


20/08/2020 15:25 - atualizado 20/08/2020 18:47

Fechados desde o início da pandemia, restaurantes poderão abrir a partir de segunda-feira(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Fechados desde o início da pandemia, restaurantes poderão abrir a partir de segunda-feira (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
 
Depois de apelo dos empresários do setor, a prefeitura de Belo Horizonte liberou o funcionamento dos restaurantes na capital dentro do plano de reabertura da economia. Porém, os proprietários deverão seguir medidas rígidas para evitar a transmissão do coronavírus, como uso de termômetros na portaria dos estabelecimentos, máximo de duas pessoas por mesa.
 

Apesar de flexibilizar a economia, Kalil admite que poderá decretar o fechamento das atividades se os números piorarem: "Está na hora de os lojistas, comerciantes tomarem conta do seu negócio. Nós não temos a menos dúvida que, se os números piorarem, vamos fechar totalmente a cidade. É uma probabilidade real e continua na nossa alça de mira", afirma o prefeito. 
 
Segundo Kalil, a reabertura do setor servirá para atender a outros trabalhadores que estão em serviço: "Estamos fazendo isso porque o comerciário não vai ficar comendo em fundo de loja. Estamos abrindo para atender os comerciários que estão saindo para trabalhar".
 

Protocolo para restaurantes 

  • Capacidade máxima de 1 pessoa a cada 7 m2, incluindo os funcionários;
  • Aferir as temperaturas de clientes e funcionários por termômetro digital infravermelho antes da entrada no estabelecimento;
  • Privilegiar a disposição dos clientes em área externa do estabelecimento e/ou em locais com maior ventilação;
  • Uma mesa a cada 6,50 m2, respeitado o distanciamento mínimo de 2,5m entre mesas, com no máximo duas cadeiras por mesa;
  • Máximo de duas pessoas por mesa;
  • É admitido o uso das calçadas para disposição de mesas mediante licenciamento junto ao município e isolando-se a área para evitar aglomeração e circulação;
  • Vedado o modelo de self-service. Admite-se serviço com buffet com isolamento dos alimentos em relação aos consumidores e montagem do prato por profissional do estabelecimento devidamente paramentado;
  • Proibida a abertura de espaços de entretenimento infantil (kids) ou área de lazer, caso o estabelecimento possua;
  • Funcionários devem vestir uniforme somente no local de trabalho. Uniformes, equipamentos de proteção e máscaras não devem ser compartilhados.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade