Publicidade

Estado de Minas BELEZA

COVID-19: cresce busca por cirurgias estéticas durante a pandemia

Estímulo veio com o isolamento social, o que favorece a recuperação com repouso pós-cirúrgico e redução de visitas


14/08/2020 15:13 - atualizado 14/08/2020 15:53

Meire Santos aproveitou momento de quarentena para se recuperar da cirurgia(foto: Edésio Ferreira/EM DAPress)
Meire Santos aproveitou momento de quarentena para se recuperar da cirurgia (foto: Edésio Ferreira/EM DAPress)
O período da quarentena do coronavírus, obrigação do isolamento social, e o fechamento dos locais de compras e entretenimento são fatores pontuais que favoreceram o crescimento da procura por cirurgias estéticas. O aumento de pelo menos 30% desses procedimentos, nos últimos três meses, pode ser observado pelo cirurgião Pedro Nery Bersan, diretor da Clínica Bersan, em Belo Horizonte.
De acordo com o médico, a demanda por procedimentos estéticos cresceu, consideravelmente, entre mulheres jovens durante a pandemia da COVID-19. "Um dos estimuladores está na obrigatoriedade do isolamento social, tornando possível o repouso pós-cirúrgico, necessário para a recuperação de qualquer procedimento invasivo." 
 
A necessidade de ficar em casa e o afastamento compulsório do trabalho foram, para muitos desses pacientes, uma oportunidade de realizar a "sonhada cirurgia plástica" planejada por algum tempo. “Como as pessoas estão mais reclusas, os jovens, principalmente mulheres, têm procurado mais o consultório”, confirma. 
 
Segundo o especialista, as cirurgias mais realizadas nesse período são as de mama - redutoras, para a retirada do excesso de gordura e pele e para garantir a proporção ao restante do corpo; as de aumento com implantes de silicone, para dar forma e alterar a textura; as lipoaspirações, para remoção do excesso de gordura localizada; e as rinoplastias, para aprimorar o nariz com maior harmonia facial.
 
Os cuidados e prevenção contra a COVID-19 também são importantes e devem ser seguidos, juntamente com as orientações do pós-operatório, evitando o contato social e aglomerações, uma vez que o sistema imunológico está comprometido com a cicatrização. “Manter isolamento domiciliar e uma alimentação saudável são medidas importantes. Também é fundamental tomar os cuidados com a higienização do ambiente com álcool em gel, água com sabão ou água sanitária. E em caso de qualquer sintoma respiratório, antes ou após a cirurgia, é importante informar ao médico que deverá orientar sobre realização de testes, ou se houver suspeita de coronavírus.
 
Durante o período de isolamento social, o contato frequente com o cirurgião é muito importante, para acompanhamento da recuperação e esclarecimento de dúvidas. “Muitos médicos  aderiram à telemedicina ou acompanhamento por whatsapp e outros meios de comunicação durante a pandemia. A pessoa evita o deslocamento até o consultório e diminui o risco de contaminação. A maioria dos consultórios continua funcionando para os casos que requerem cuidado presencial ou urgente”, explica Pedro Bersan.
 
A pedagoga Meire Cristina Assis Marques Santos, de 56 anos, marcou a cirurgia antes da pandemia, com previsão para maio. Mas diante do quadro de quarentena, preferiu esperar mais alguns meses para que a cirurgia fosse autorizada. As autoridades sanitárias ainda estava criando os protocolos de precaução diante da situação inusitada. "Durante este período de espera, fiz todos os exames pre-operatório solicitados."
 
Meire fez correções de mamoplastia, inclusão de prótese de silicone, abdominoplastia, retirada do excesso de pele e recuperação da firmeza dos músculos da região abdominal. Ela conta que fez o teste da COVID-19 no dia anterior à cirurgia, que aconteceu no dia 10 de julho, no Hospital Madre Tereza, e recebeu alta no mesmo dia. 
 
"Durante a recuperação, fiquei em isolamento, sem sair de casa e nem receber visitas,  somente recebi a Adriana Graciano, para fazer a drenagem, procedimento mais importante após a cirurgia". Depois de 23 dias, retomou os trabalhos. "Estou me recuperando muito bem, algumas atividades só depois de 60 dias. Estou bem satisfeita com o resultado , e ainda falta uns meses para ficar excelente", brinca.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade