Publicidade

Estado de Minas INVESTIGAÇÃO

Homem é encontrado morto na rua, com tiro na nuca, em Betim

Enteada da vítima e o namorado são suspeitos de cometer o crime


13/08/2020 20:59 - atualizado 13/08/2020 21:32

Vítima levou um tiro na nuca no Bairro Alto Boa Vista(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Vítima levou um tiro na nuca no Bairro Alto Boa Vista (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)

Uma morte, um homem com tornozeleira eletrônica, uma enteada com prisão por roubo, uma briga com a mulher e a promessa de sair de casa. Este é o quadro investigado pela Delegacia de Betim, que teve como vítima Tomas de Aquino França, de 64 anos, morto com um tiro na nuca.
 
O crime aconteceu na Rua Jasmim, na entrada da Travessa Floramar, no Bairro Alto Boa Vista, onde o corpo foi encontrado nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira.

Segundo os policiais militares, na noite anterior ao crime, houve um grande tumulto na Rua Jasmim, com um corre-corre, perseguições e até mesmo tiros.

Mas o que mais intrigou os policiais foi o fato de que, ao chegarem à casa da vítima, foram recebidos pela enteada de Tomas, que estava muito machucada. Ela contou que tinha tido uma briga muito grande com seu companheiro.

Apesar de machucada, ela disse que Tomas havia brigado com sua mãe na noite de quarta-feira e que teria decidido sair de casa. Em seguida, ele arrumou a mala, colocou tudo numa carroça de sua propriedade e disse que iria para a casa do filho, em Juatuba. Mas deixou tudo na porta da casa e disse que iria dar uma volta.

Ele, ainda segundo a enteada, que tem passagens pela polícia por furto, teria desaparecido e quando começou a confusão, na rua, ela entrou em casa e trancou a porta. Os policiais decidiram, então, procurar o namorado da enteada, que mora na mesma rua. Chegando à casa dele, bateram à porta e foram atendidos pelo homem, que também estava machucado.

Contou que tinha brigado com a namorada. E para surpresa maior dos policiais, esse homem, o namorado, portava uma tornozeleira eletrônica. Ele cumpria pena por roubo. A polícia investiga agora se o casal tem relação com a morte do padrasto da jovem. O caso foi encaminhado para a delegacia local. Ninguém foi detido.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade