Publicidade

Estado de Minas MERGULHÃO

Mais um acidente interdita avenida em Governador Valadares

Carreta bitrem fez um L na subida do morro do Country Clube e parou o trânsito das 8h às 15h, quando foi removida


11/08/2020 12:41 - atualizado 11/08/2020 15:34

A Avenida Minas Gerais, em Governador Valadares, continua sendo palco de acidentes envolvendo automóveis, motociclistas e carretas. Os pontos críticos são as entradas e saídas do Mergulhão (passagem sob a Estrada de Ferro Vitória a Minas), e o trecho conhecido como tobogã, perto do Valadares Country Clube.

 

Hoje pela manhã, uma carreta bitrem, carregada com bobinas de aço, não conseguiu subir o morro do Country e começou a descer de ré, parando logo abaixo da descida depois que o segundo eixo fez um L. O tráfego pela via ficou lento pela manhã no sentido bairro-centro, com os motoristas passando num trecho bem estreito entre os eixos da carreta e mureta de proteção.

 

Por volta de 10h, quando começou a primeira tentativa de retirada da carreta, mas o eixo que fez o L cedeu e por pouco não arrastou o cavalo e o primeiro morro abaixo. Os agentes de trânsito da Prefeitura interditaram a pista, orientando o desvio pelas ruas laterais, no bairro Esperança.

 

O problema nessa subida da Avenida Minas Gerais é recorrente e não há como a Prefeitura fazer intervenções na pista. Charles Cândido, arquiteto do Departamento de Trânsito da Prefeitura, disse que o local poderá ter reforçada a sinalização de advertência, mas o problema está relacionado com a habilidade dos motoristas em conduzir os caminhões.

 

A carreta só foi removida do local por volta das 15h, quando a circulação de veículos foi retomada. 

Mergulhão

 

Sobre as intervenções no Mergulhão, o diretor do Departamento de Trânsito disse que o canteiro central da Avenida Minas Gerais será estendido em 8 metros até a metade da rampa de subida no centro-bairro. Ao longo da pista, dentro do Mergulhão, serão instalados jardineiras móveis, de concreto, que poderão ser retiradas em casa do alagamento no local.

 

Além dessa intervenção, que será feita em caráter de urgência, assim como outra, que vai sinalizar a Rua Antoniete Fernandes, acesso do bairro Nossa Senhora das Graças para a Avenida Minas Gerais. As duas pistas da rua serão separadas por tachões com olho de gato, presos no meio da pista, sinalizando e delimitando mão e contramão. A sinalização com placas nesse trecho também será reforçada.

 

Outras intervenções sugeridas por moradores das proximidades do Mergulhão, como uma rotatória, somente poderá ser avaliada pelos técnicos da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, embora o local não tenha espaço favorável para uma obra como essa. “Essas intervenções só poderão ser feitas quando for aberto um diálogo entre a Prefeitura e comunidade”, disse Cândido.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade