Publicidade

Estado de Minas FURTO E VANDALISMO

COVID-19: lavabos públicos têm sido alvo de criminosos em Varginha

Três torneiras já foram furtadas nos últimos 15 dias; prefeitura da cidade, em parceria com a Copasa, instalou os lavabos para facilitar a higienização


06/08/2020 18:24 - atualizado 06/08/2020 19:19

Criminosos furtam torneiras e vandalizam equipamentos em lavabos instalados nas ruas de Varginha(foto: Divulgação/Prefeitura de Varginha)
Criminosos furtam torneiras e vandalizam equipamentos em lavabos instalados nas ruas de Varginha (foto: Divulgação/Prefeitura de Varginha)
Quatro lavabos foram instalados em Varginha, no Sul de Minas, desde 14 de maio. Eles estão em pontos estratégicos da cidade para facilitar a higienização da população. Dois deles estão na área central, um próximo à Unidade Pronto Atendimento e o outro na academia de rua do Bairro Vila Paiva. “A prefeitura, por meio da Vigilância Sanitária, fez parceria com a Copasa para a instalação desses lavabos. A Copasa entrou com a obra e a prefeitura com a manutenção”, explica o coordenador da Vigilância Sanitária, José Donizete de Souza.

De acordo com a Vigilância Sanitária, três torneiras de um dos lavatórios na área central já foram furtadas nos últimos 15 dias. “Toda vez é um gasto público a mais. Já fizemos o boletim de ocorrência e vamos verificar nas câmeras dos comércios próximos para ver se identificamos o suspeito”, alerta o coordenador.

Os furtos são percebidos pela manhã, quando equipes da Vigilância Sanitária vão fazer a manutenção dos lavabos. “Toda manhã, equipes da prefeitura abastecem cerca de 5 mil litros de sabonete líquido nesses lavatórios. Tudo para garantir a higiene da população”, ressalta Donizete.

O que chama a atenção é que as torneiras são furtadas, mas em nenhum dos casos houve vazamento de água. “Possivelmente são pessoas que conhecem todo o sistema, porque desligam o registro, retiram a torneira e vão embora”, afirma.

'Toda vez é um gasto público a mais' para colocar novo equipamento', lembra o coordenador da Vigilância Sanitária municipal(foto: Divulgação/Prefeitura de Varginha)
'Toda vez é um gasto público a mais' para colocar novo equipamento', lembra o coordenador da Vigilância Sanitária municipal (foto: Divulgação/Prefeitura de Varginha)
Segundo boletim municipal, divulgado nessa quinta-feira, 13 novos casos de coronavírus foram confirmados, além de mais uma morte registrada. A vítima é uma idosa de 82 anos com comorbidade, que estava internada em um centro de tratamento intensivo (CTI). A cidade hoje soma 13 mortes causadas pelo novo coronavírus. O secretário municipal de Saúde, Luiz Carlos Coelho, alerta que esses lavabos são essenciais nesse momento de pandemia. “Além do distanciamento social, a higiene é muito importante. A população deve ficar mais atenta. Lavar bem as mãos, usar álcool em gel e não esquecer das máscaras”, finaliza.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade