Publicidade

Estado de Minas FLEXIBILIZAÇÃO

Purificação de ar e medição de temperatura: veja medidas dos shoppings de BH ao reabrir as portas

Shoppings se modernizam ao implementar série de medidas de sanitização previstas em protocolo


06/08/2020 15:13 - atualizado 06/08/2020 17:07

Na foto, equipamento de controle de temperatura instalado na entrada do BH Shopping, Região Centro-Sul de Belo Horizonte (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Na foto, equipamento de controle de temperatura instalado na entrada do BH Shopping, Região Centro-Sul de Belo Horizonte (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Depois de mais de quatro meses fechados, os shopping centers da capital mineira voltam a abrir as portas nesta quinta-feira. A reabertura gerou ansiedade devido à proximidade do Dia dos Pais. Lojistas comemoraram, mas clientes ainda estão receosos, apesar de se arriscarem ao ir às compras. Vale ressaltar que as unidades de terapia intensiva (UTIs) de Belo Horizonte continuam no vermelho, mesmo com o critério de avaliação, que permitiu o novo decreto.


Conforme o Estado de Minas mostrou na manhã desta quinta-feira, na Rua Rio de Janeiro, onde fica a entrada principal do Shopping Cidade, no hipercentro de BH, uma fila com centenas pessoas começou a se formar antes das 11h. A fila que se aglomerou na porta demorou 15 minutos para acabar desde a abertura.

No shopping Pátio Savassi, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, por volta das 13h, o movimento era tranquilo na entrada da Avenida do Contorno. Naquele horário, não houve aglomeração.

Na foto, placa instalada na entrada do Shopping Pátio Savassi, na Região Centro-Sul(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Na foto, placa instalada na entrada do Shopping Pátio Savassi, na Região Centro-Sul (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
O programador de processos logísticos Fábio Melo, de 28 anos, foi ao centro comercial da Savassi em busca de uma caneleira. "Achei muito tranquilo, não estava cheio. As lojas estão fazendo controle de entrada e todas com álcool em gel na porta", contou. Ele disse ser a favor da reabertura. "Muita gente está perdendo o emprego, precisamos reabrir. Mas com todos os cuidados", disse.

Medidas adicionais

Para garantir a saúde e bem-estar de clientes, lojistas, colaboradores e parceiros, os shoppings da Rede Multiplan implementaram uma série de medidas de sanitização previstas, tanto no protocolo divulgado pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), como no protocolo elaborado em parceria com infectologistas contratados.

"A pandemia não passou. É importante que a população continue seguindo restritamente as regras que foram determinados pelo município e pelo estado de Minas Gerais. Mas, estamos colocando em prática medidas adicionais de prevenção à COVID-19 e reforçando ainda mais a rotina de higienização do shopping, que já era bastante rigorosa. Tudo isso para garantir o que para a gente sempre foi prioridade: a segurança dos nossos clientes e colaboradores”, explica o vice-presidente Institucional da Multiplan, Vander Giordano. De acordo com ele, hoje, no Brasil, dos 577 shoppings, 543 estão abertos.

Entre as medidas adotadas, comuns aos três shoppings da companhia - Pátio Savassi, BH Shopping e Diamond Mall -, estão: aferição de temperatura de todos os clientes e colaboradores em todas as portarias; distribuição de máscaras para lojistas e funcionários; demarcação no piso para que eventuais filas respeitem o distanciamento mínimo; instalação de purificadores de ar; troca constante de filtros e limpeza completa dos dutos de ar-condicionado; higienização frequente nos corrimãos das escadas rolante e escadas fixas, entre outros.

O investimento da Multiplan para montar a estrutura não foi divulgado. 

Já nos estacionamentos, a capacidade de vagas também foi reduzida e o pagamento poderá ser feito por meio de App, para evitar filas. As cancelas serão abertas por meio de acionamento automático por sensor, bastando o cliente aproximar a mão para retirar o cartão.

Nesta quinta-feira, o estacionamento do primeiro andar do BH Shopping, na Região Centro-Sul da capital, estava cheio, por volta das 14h, estava cheio. Mas, poucas pessoas circulavam pelo estabelecimento comercial.

"Estava bem vazio, não tinha nenhuma fila. Eu vim comprar presente para o meu pai. Eu achei boa a reabertura do jeito que está sendo feito, acho que as lojas estão cumprindo o protocolo. Todas disponibilizando álcool", disse Davi Caldeira. Felipe Augusto Pereira, de 21, é operador de caixa disse que está dividido para opinar sobre a reabertura: "sou contra e sou á favor, precisamos pagar nossas contas."

Na foto, funcionários do Shopping Cidade, no Centro da capital, medem o chão para marcar distanciamento necessário em fila(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Na foto, funcionários do Shopping Cidade, no Centro da capital, medem o chão para marcar distanciamento necessário em fila (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)

Fiscalização

Nesta quinta-feira (6), dia em que a capital mineira inicia a fase 1 de reabertura gradual do comércio, fiscais orientaram comerciantes sobre os horários corretos de funcionamento e regras que devem ser seguidas para evitar a disseminação do novo coronavírus. Por volta de 12h,  fiscais urbanística e ambienta veriguaram o Shopping Cidade, no centro da capital.

Plínico Marques, gerente da fiscalização de controle urbanístico e ambiental, esteve no local e disse que a ação é de prevenção e educação. "Estamos fazendo um trabalho de acompanhamento pelas medidas que o shopping está tomando na reabertura. O intuito é fiscalizar aglomeração, o uso de álcool em gel, o distanciamento, a medida de temperatura, entre outros", contou. No local, estavam oito fiscais controle urbanístico e ambiental e três da vigilância sanitária.

Ele também destacou que são fiscalizadas as praças de alimentação que não podem receber clientes, apenas retiradas ou deliverys.

Caso as normas sejam descumpridas, o shopping poderá arcar com até R$ 17 mil de acordo com o descumprimento. "Mas, sempre com caráter educativo. Podemos, inclusive, até interditar, em caso de descumprimento", acrescentou.

De acordo com ele, além do Shopping Cidade, estão sendo fiscalizados nesta quinta-feira: Shopping Oiapoque (Centro), Shopping Xavantes (Centro), Shopping Uai (Centro) e Diamond Mall (Região Centro-Sul). A reportagem também flagrou fiscalização no BH Shopping (Centro-Sul).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade