Publicidade

Estado de Minas CRIME

Polícia prende homem acusado de estuprar menina de 12 anos em Ribeirão das Neves

Vítima fugiu de casa, ludibriada pelo rapaz de 21 anos, e foi encontrada em cima da cama dele, que se escondeu embaixo


postado em 07/07/2020 20:33 / atualizado em 07/07/2020 23:58

Na foto, Rua Artur José Alves,no Bairro Savassi, em Ribeirão das Neves(foto: Google Street View/ Reprodução)
Na foto, Rua Artur José Alves,no Bairro Savassi, em Ribeirão das Neves (foto: Google Street View/ Reprodução)
Um homem de 21 anos foi preso em flagrante, acusado de estupro de vulnerável, no Bairro Savassi, em Ribeirão das Neves. A vítima, uma adolescente de 12 anos, contou aos policiais que fugiu de casa para ficar com ele, que, para ela, era seu namorado.

Policiais Militares foram surpreendidos logo cedo, segundo o sargento Guilherme, que coordenou as buscas, quando uma mãe procurou a PM pedindo socorro, pois sua filha havia sumido e não tinha dormindo em casa.

A mulher contou que assim que acordou foi até o quarto da filha e ela não estava lá e nem a cama tinha sido usada. Estava intacta. Desesperada, chorando muito, saiu de casa para pedir ajuda, sendo levada ao posto policial.

Os policiais começaram a dar buscas na cidade, infrutíferas, até que chegou a informação de que a menina poderia estar na casa do namorado.

Diante das informações, os policiais localizaram a residência do homem e lá encontraram a menina em cima da cama, no quarto do rapaz. Segundo o sargento, ela estava com marcas nos braços e pescoço. Nas buscas, os policiais acharam o procurado escondido debaixo da cama.

A menina foi levada para o posto de saúde e lá contou aos policiais que vinha se encontrando com o homem, às escondidas, já há algum tempo e que a noite de segunda-feira seria a escolhida para sua saída de casa, uma ideia do suposto namorado. E que a primeira relação entre eles aconteceu na noite de segunda para terça-feira.

Levado para a delegacia, ao puxar a ficha do homem, descobriu-se que ele tinha inúmeras passagens pela polícia por roubo e uso de drogas, quando era ainda menor. A menina, depois de examinada, foi para sua casa, acompanhada da mãe.

 

O crime de estupro de vulnerável – Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14  anos – tem pena prevista de de 8 a 15 anos de reclusão. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade