Publicidade

Estado de Minas SURTO

Coronavírus: casos em Pitangui saltam de seis para 76 e provocam fechamento do comércio

70 casos da doença foram confirmados no presídio depois de Ministério Público determinar testagem em massa


postado em 25/06/2020 12:44 / atualizado em 25/06/2020 13:11

(foto: Prefeitura de Pitangui/Reprodução)
(foto: Prefeitura de Pitangui/Reprodução)
O prefeito de Pitangui, região Centro-Oeste de Minas, Marcílio Valadares, decretou o fechamento do comércio depois de identificar surto de coronavírus da cidade. De seis, o número de casos saltou para 76 no município de 27,9 mil habitante, 70 deles foram registrados no presídio. A testagem em massa foi realizada por determinação do Ministério Público (MP).

Até o momento, os testes rápidos foram realizados em 161 pessoas, dentre detentos e funcionários. A previsão é que o processo termine nesta sexta-feira (26). “Essa testagem ocorreu depois de um agente apresentar sintomas. Ele passou pelo teste, foi positivado, e a promotoria oficializou para realizar em todos”, relata a secretária de saúde do município, Juliana Severino. Os demais casos foram identificados na terça-feira (23).

Um dia depois, o prefeito publicou novo decreto determinando o fechamento das atividades econômicas a partir desta sexta-feira (26). “Foram tomadas algumas medidas restritivas mais rígidas”, destaca Juliana. Apenas serviços essenciais, como padarias, supermercados e farmácias poderão funcionar.

Mesmo assim, com horários estabelecidos: de segunda a quinta, até às 20h, sextas e sábados, até as 18h, e aos domingos, até meio-dia.

As restrições devem vigorar até controlar a disseminação do vírus na cidade. “O comitê irá avaliar semanalmente se poderemos flexibilizar ou não”, destaca a secretária. As novas exigências foram determinadas cerca de dois meses depois de o município ter flexibilizado o primeiro decreto.

Desde o início da pandemia, a cidade registrou 164 notificações suspeitas. Dos 76 caos confirmados, dois pacientes estão hospitalizados, um recuperado e os demais em isolamento.

Medidas no presídio

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) informou que todos os detentos confirmados com a doença estão assintomáticos e sendo acompanhados pela equipe de saúde da unidade. Eles estão isolados dos demais sem recebimento e saída de presos pelas próximas semanas.

A unidade está recebendo limpeza e desinfecção diária, com todos os presos e servidores fazendo uso de máscaras no local. O servidor positivado para coronavírus também está assintomático e foi imediatamente afastado de suas funções. “A situação da unidade tem sido debatida e ações de gestão, tomadas, duas vezes por dia, em conjunto com instituições como Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Ministério Público e Defensoria Pública”, informou em nota.

Outras medidas foram adotadas em todo o sistema prisional do Estado, como suspensão de visitas, realização de limpeza e desinfecção das áreas estruturais e para a realização de videoconferências judiciais.

Com isso, evita-se o deslocamento da maioria dos presos para o ambiente extramuros e diminui-se o risco de contágio pelo coronavírus. Já foram realizadas mais de duas mil videoconferências neste período de pandemia.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade