Publicidade

Estado de Minas CORPUS CHRISTI

Arquidiocese de BH orienta fiéis sobre as celebrações no feriado de quinta-feira (11)

Católicos devem ficar em casa para impedir avanço da pandemia do novo coronavírus


postado em 06/06/2020 13:59 / atualizado em 06/06/2020 14:08

O arcebispo dom Walmor pede que os fiéis acompanhem as celebrações com os olhos e o coração (foto: Gladyston Rodrigues/EM/DA Press)
O arcebispo dom Walmor pede que os fiéis acompanhem as celebrações com os olhos e o coração (foto: Gladyston Rodrigues/EM/DA Press)

 
Com o o olhar e o coração, mas sem sair de casa. Essa é a orientação da Arquidiocese de Belo Horizonte para os católicos acompanharem as celebrações na quinta-feira (11), dia de Corpus Christi, que terá missas transmitidas pelas redes sociais das paróquias de 27 municípios. Se as igrejas continuam fechadas, em respeito às determinações das autoridades municipais, os fiéis devem rezar, família, no aconchego do lar, de forma a evitar o avanço da pandemia do novo coronavírus. 

Conforme documento divulgado neste sábado (6), “a solenidade do corpo e sangue de Cristo prepara a Arquidiocese de BH para o início de um novo ciclo em nossa missão evangelizadora".

O documento com orientações aos fiéis foi elaborado pelo arcebispo metropolitano de BH, dom Walmor Oliveira de Azevedo, e os bispos auxiliares da Arquidiocese de BH, dom Joaquim Mol, dom Geovane Luís da Silva e dom Vicente de Paula Ferreira.

Veja os principais pontos do documento da Arquidiocese de BH:

- Durante as celebrações litúrgicas, cuide-se para que sejam respeitadas as regras sanitárias de distanciamento e segurança. 

- Durante o tríduo que antecede a solenidade e no Dia de Corpus Christi, nas celebrações, além do sacerdote, poderão estar reunidos nas igrejas o diácono, até dois ministros da Palavra, um ministro extraordinário da comunhão eucarística, um cantor, um instrumentista. 

- Poderá ainda, no tríduo que antecede a festa e na solene celebração, haver uma pequena assembleia, de até 20 pessoas, nas celebrações litúrgicas.

- Para a tradicional procissão com o Santíssimo Sacramento, sempre vivenciada na solenidade, o convite é para que os fiéis acompanhem “com o olhar e com o coração”, de suas casas. As Missas e a bênção com o Santíssimo Sacramento serão transmitidas pelos meios de comunicação católicos e redes sociais.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade