Publicidade

Estado de Minas AVANÇO DA COVID-19

Coronavírus: 19 cidades da Região Central têm pelo menos um caso confirmado

De acordo com o levantamento feito pelo Estado de Minas, entre as 30 cidades que compõem a região, foram constatados 298 casos da COVID-19


postado em 03/06/2020 19:36 / atualizado em 03/06/2020 21:14

A contaminação da COVID-19 é maior nas cidades mais populosas da região(foto: Reprodução / Internet)
A contaminação da COVID-19 é maior nas cidades mais populosas da região (foto: Reprodução / Internet)
Identificado pela primeira vez em Minas Gerais em 8 de março, o novo coronavírus (Sars-Cov-2) avançou com mais força pelo estado dois meses depois. Porém, não é apenas a interiorização da doença que causa preocupação, mas também a velocidade com que se dissemina nesses municípios, muitas vezes incapazes de disponibilizar o tratamento adequado. De acordo com o levantamento feito pelo Estado de Minas, entre as 30 cidades que compõem a Região Central, foram confirmados, até essa quarta-feira (3), 298 casos confirmados da COVID-19 em 19 delas, segundo os balanços epidemiológicos disponibilizados pelas prefeituras.

Apenas em maio, 277 cidades mineiras tiveram o primeiro caso confirmado de COVID-19. Segundo a análise feita pelo Estado de Minas, ao todo, foram contabilizadas 3.223 notificações de casos suspeitos, além da confirmação de cinco óbitos na região. Com claro atraso na notificação, de acordo com o boletim epidemiológico, dessa quarta-feira (3), da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) são 185 os pacientes da região testados positivamente para a presença do vírus e quatro mortes.

O óbito não registrado no boletim da SES-MG ocorreu em Lagoa da Prata. Os casos de Bom Despacho, Martinho Campos, Morro da Garça e Presidente Juscelino estão contabilizados no informativo estadual.

A contaminação da COVID-19 é maior nas cidades mais populosas da região. Em Lagoa da Prata, município com população aproximada de 70 mil pessoas, a quantidade representa 43,6% do total de infecções na Região Central, com 130 casos. Curvelo, com 53 confirmações (17,7%); Bom Despacho, com 31 (10,4%); Corinto, com 27 (9%); e Moema, com 16 (5,3%), fecham a lista.

Confira a lista completa:

  • Abaeté – 207 casos suspeitos e três confirmados 
  • Araújos – 50 casos suspeitos e nenhum confirmado 
  • Augusto de Lima – nenhum caso suspeitos e nem confirmado
  • Biquinhas – quatro casos suspeitos e dois confirmados
  • Bom Despacho – 319 casos suspeitos, 31 confirmados e uma morte
  • Buenópolis – 51 casos suspeitos e oito confirmados
  • Cedro de Abaeté – nenhum caso suspeito e nem confirmado
  • Corinto – 103 casos suspeitos e 27 confirmados
  • Curvelo – 754 casos suspeitos e 53 confirmados
  • Dores do Indaiá – 19 casos suspeitos e dois confirmados
  • Estrela do Indaiá – nenhum caso suspeito e nem confirmado
  • Felixlândia – 136 casos suspeitos e 3 confirmados
  • Inimutaba – 16 casos suspeitos e nenhum confirmado
  • Japaraíba – 58 casos suspeitos e sete confirmados
  • Joaquim Felício – 24 casos suspeitos e um confirmado
  • Lagoa da Prata – 897 casos suspeitos, 130 confirmados e uma morte
  • Leandro Ferreira – oito casos suspeitos e nenhum confirmado
  • Luz – 148 casos suspeitos e um confirmado
  • Martinho Campos – 67 casos suspeitos, um confirmado e uma morte
  • Moema – 58 casos suspeitos e 16 confirmados
  • Monjolos – nenhum caso suspeito e nem confirmado
  • Morada Nova de Minas – 16 casos suspeitos e um confirmado
  • Morro da Garça – oito casos suspeitos, um confirmado e uma morte
  • Paineiras – cinco casos suspeitos e nenhum confirmado
  • Pompéu – 75 casos suspeitos e oito confirmados
  • Presidente Juscelino – três caso suspeito, um confirmado e uma morte
  • Quartel Geral – nenhum caso suspeito e nem confirmado
  • Santo Hipólito – nenhum caso suspeito e nem confirmado
  • Serra da Saudade – nenhuma caso suspeito e nem confirmado
  • Três Marias – 197 casos suspeitos e dois confirmados
 
*Estagiário sob supervisão de Liliane Corrêa

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade