Publicidade

Estado de Minas BRIGA ENTRE VIZINHOS

Vizinhos idosos brigam, e um deles morre a facadas em BH; irmão da vítima fala em racismo

Fato aconteceu no Bairro Tirol, na Região do Barreiro, na noite desse domingo


postado em 01/06/2020 07:39

Luta que culminou em uma morte aconteceu na Rua Luiz Lemos Pedrosa, no Tirol(foto: Reprodução/Google Street View)
Luta que culminou em uma morte aconteceu na Rua Luiz Lemos Pedrosa, no Tirol (foto: Reprodução/Google Street View)
Uma briga entre vizinhos terminou em uma morte a facadas na noite desse domingo no Bairro Tirol, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte. Os dois homens, idosos de 65 e 62 anos, teriam uma "rixa" antiga, fato confirmado por algumas testemunhas. O irmão da vítima disse à Polícia Militar que a motivação para a morte seria racismo. O boletim de ocorrência não informa cor nem raça dos dois envolvidos.

O idoso de 65 anos é o suspeito do crime. Ele alega ter chegado em casa de carro quando viu o outro senhor, de 62, no portão, esperando-o com um bastão. Nisso, o suspeito alega ter pego uma faca em seu veículo. O momento seria de “acerto de contas”, informou o possível autor, de acordo com a PM.

A luta corporal teve início. O suspeito teria conseguido desarmar a vítima e continuado com golpes de faca. Ele percebeu que o vizinho não reagia mais, tomou o bastão e saiu do local, alegando medo de ser linchado. Enquanto isso, seu carro foi apedrejado.
 
A PM foi acionada por populares e outros vizinhos que notaram a movimentação intensa. Os militares encontraram o suspeito não muito distante do local da briga. Ele estava com a faca, com o bastão e com a roupa suja de sangue. O idoso, que estava sendo guardado pelo filho, foi preso em flagrante. 

Com o suspeito, além das armas brancas, foi encontrado um celular e R$ 1.237 em dinheiro. Primeiramente, ele foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Barreiro, pois estava com uma lesão no cotovelo. Depois, ele foi levado à 3ª Delegacia de Polícia Civil, também no Barreiro.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade