Publicidade

Estado de Minas BRIGA ENTRE PMS

Briga de trânsito entre PMs termina em morte em Esmeraldas

Desentendimento teria começado por conta de uma manobra brusca de um dos militares


postado em 01/06/2020 06:45

Disparos aconteceram na Rua Visconde de Caeté, no Centro de Esmeraldas(foto: Reprodução/Google Street View)
Disparos aconteceram na Rua Visconde de Caeté, no Centro de Esmeraldas (foto: Reprodução/Google Street View)
Um cabo da Polícia Militar foi morto na tarde desse domingo depois de se envolver em uma discussão no trânsito com um soldado, também da PM de Minas Gerais. O caso aconteceu no Centro de Esmeraldas, cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os dois rapazes estavam de folga, informou a corporação.
 
Segundo a versão do soldado, um rapaz de 27 anos, ele estava no carona de um caminhão de mudança. O cabo, um homem de 33 anos, teria avançado um sinal e fechado o caminhão. O motorista do caminhão buzinou, e o cabo mostrou o dedo médio e xingou.
 
O soldado teria orientado o motorista do caminhão a seguir, mas o cabo iniciou uma espécie de perseguição, quando o soldado viu o cabo armado. O cabo teria ultrapassado pela direita e saído do carro com uma arma em punho, apontando aos presentes no caminhão.
 
O soldado, então, teria se apresentado como policial e pedido para o cabo baixar a arma. A ordem não teria sido acatada, e o soldado efetuou dois disparos. O cabo segui com a arma em mãos, e o soldado teria dado mais dois tiros. A esposa do cabo alegou que ele estava embriagado e disse que não ouviu nenhuma ordem para o marido soltar a arma.
 
O cabo foi atingido nos dois braços, no tórax e no abdômen. Ele foi encaminhado primeiramente ao Hospital 25 de Maio, em Esmeraldas, onde pasosu por procedimento cirúrgico. Na sequência, o homem gravemente ferido foi encaminhado ao Hospital João XXIII, em BH, de helicóptero.
 
O cabo, entretanto, morreu na madrugada desta segunda-feira. O suspeito de efetuar os disparos foi conduzido para a 6ª Cia. da Polícia Militar, em Esmeraldas. Ele foi autuado em flagrante. A perícia isolou o local da discussão e deu início ao trabalho de investigação.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade