Publicidade

Estado de Minas ROMPIMENTO DE BARRAGEM

Núcleo de Emergências Ambientais avalia risco de novo rompimento de barragem no Triângulo

Defesa Civil informou que fará vistoria no local nesta segunda; Fazenda Água Santa se manifesta


postado em 31/05/2020 22:12 / atualizado em 31/05/2020 22:45

Barragem de água se rompeu em Perdizes neste fim de semana(foto: CBMMG)
Barragem de água se rompeu em Perdizes neste fim de semana (foto: CBMMG)

O Núcleo de Emergências Ambientais (NEA) da Fundação Estadual do Meio Ambiente de Minas Gerais (FEAM) ainda avalia se há possibilidade de novo rompimento de barragem a jusante (adiante, no fluxo normal da água) na cidade de Perdizes, no Triângulo Mineiro. Segundo o órgão, não há risco de erosão no mesmo reservatório, mas outros barramentos estão sendo analisados.

Ver galeria . 4 Fotos Por precaução, moradores de residências um pouco mais próxima da barragem chegaram a deixar suas casaCBMMG
Por precaução, moradores de residências um pouco mais próxima da barragem chegaram a deixar suas casa (foto: CBMMG )


A estrutura rompida é um ‘bolsão artificial de irrigação’ que fica em fica em uma lavoura de batatas na Fazenda Água Santa. O incidente ocorreu na madrugada de sábado para domingo. Ninguém se feriu.

Houve danos a plantações localizadas em propriedades rurais no caminho da água, numa extensão de 12km.

Apesar de o rompimento ter ocorrido na madrugada, os responsáveis pela Fazenda Água Santa só informaram ao órgão ambiental na tarde deste domingo, após averiguação do policiamento ambiental regional. Segundo o NEA, a não comunicação pode gerar multa à empresa, além das multas pelo dano ambiental, que ainda estão sendo calculadas.

Defesa Civil fará vistoria

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC) informou à reportagem do Estado de Minas que enviará uma equipe a Perdizes nesta segunda-feira para realizar vistoria do local afetado. A atividade será feita numa ação multidisciplinar, envolvendo, além da CEDEC, o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar de Meio Ambiente e o NEA.

Fazenda Água Santa se manifesta

A Fazenda Água Santa, proprietária da barragem, afirmou que acompanha de perto o trabalho do Corpo de Bombeiros na avaliação das causas e consequências do ocorrido.

Por meio de nota, a Fazenda lamentou o acontecido e alegou que não há risco de novos vazamentos.

A Água Santa fornece matéria prima para a Bem Brasil Alimentos, fabricante de batata pré-frita congelada e flocos desidratados de batata, que tem unidades em Perdizes e Araxá. Segundo a Água Santa, as empresas são apenas parceiras comerciais e exercem “atividades independentes”.

Veja abaixo a íntegra da nota emitida pela Fazenda Água Santa

Sobre o incidente ocorrido na madrugada deste domingo (31/05), em Perdizes (MG), a Fazenda Água Santa informa que sua equipe de segurança acompanha, de perto, a atuação do Corpo de Bombeiros na avaliação das causas e possíveis impactos.

A Fazenda lamenta o ocorrido e reforça que, apesar dos transtornos, não houve vítimas e não há riscos de novos vazamentos. Ressalta, ainda, que atua, há décadas, com total responsabilidade e respeito ao meio ambiente e à comunidade. A propriedade é uma das fornecedoras de matéria-prima para a Bem Brasil, mas as atividades são independentes.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade