Publicidade

Estado de Minas ESTELIONATO

Estelionatários causam prejuízo de R$ 200 mil na Grande BH e em outros estados

Vítimas preferidas pela quadrilha eram idosos, abordados geralmente aos fins de semana


postado em 26/05/2020 11:18 / atualizado em 26/05/2020 17:11

Quadrilha agia principalmente em agências do Banco do Brasil(foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Quadrilha agia principalmente em agências do Banco do Brasil (foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
A Polícia Civil detalhou nesta terça-feira a atuação de uma quadrilha de estelionatários fixada em Belo Horizonte, mas que agia não só na capital. O grupo também fez vítimas em cidades da Região Metropolitana e até de outros estados. A corporação estipula que o quarteto causou prejuízo de cerca de R$ 200 mil a 20 pessoas. Dois suspeitos foram presos na noite dessa segunda-feira.

A prisão aconteceu depois de os rapazes, de 37 e 46 anos, aplicarem um golpe em uma idosa em uma agência bancária do Banco do Brasil no Bairro Nova Suíça, Região Oeste de BH. Depois disso, a Polícia Civil identificou outras ações em lugares variados. O delegado Wagner Sales explicou como o grupo agia.

“Eles comparecem às agências bancárias principalmente em fins de semana, abordam as pessoas que fazem saques e outras transações. Pela pandemia, o movimento é menor, o que facilita. Eles escolhem a vítima por perfil, geralmente mais idosas. Agem em dupla ou trio, pegando informações no momento da transação bancária. Conseguem persuadir e obter a senha e, em um determinado momento, um dos indivíduos troca o cartão da vítima por um semelhante para que eles tenham acesso à conta, fazendo saques, empréstimos, causando prejuízos”, disse, durante entrevista coletiva nesta terça.

A Polícia Civil vai seguir com as investigações. A corporação também anunciou que já está em busca de outros dois suspeitos, que compõem a quadrilha. Os homens presos nessa segunda podem responder por furto mediante fraude e organização criminosa, ambos com até oito anos de pena. Eles já tinham passagem por tráfico de drogas, roubo, furto e estelionato.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade