Publicidade

Estado de Minas CONTAMINAÇÃO

Investigação sobre desastre ambiental no Rio Casca termina amanhã

Laudo da Polícia Ambiental vai dar suporte ao inquérito na Policia Civil; Ministério Público também será acionado


postado em 04/05/2020 17:22 / atualizado em 04/05/2020 17:44

(foto: Leandro/Couri/EM/DA.Press)
(foto: Leandro/Couri/EM/DA.Press)
A contaminação e a mortandade de peixes do Rio Casca ocorrida de quinta para sexta-feira será fruto de uma investigação da Polícia Civil e o responsável será indiciado. A informação é do Secretário de Meio-Ambiente da Prefeitura de Rio Casca, Amon Cosmo Gurgel Moreira, que aguarda a conclusão das investigações nessa terça-feira. “Estamos aguardando o laudo técnico da Policia Ambiental, para dar encaminhamento ao processo. Desde a última sexta-feira, o acidente ambiental vem sendo investigado e, nesta segunda-feira (4), foram feitos os últimos levantamentos”, diz ele.
 
A Copasa fez ontem uma nova coleta de água para exame e, segundo Amon, a conclusão é que a água não está contaminada e está própria para consumo. Essa era a preocupação mais imediata, segundo o secretário, que se sente aliviado com o resultado do exame.
 
Todo o levantamento foi feito pela Polícia Militar Ambiental de Raul Soares e Ponte Nova, sendo que a última a sede da regional do órgão. Além da abertura de inquérito policial, o relatório final da Polícia Ambiental será remetido para o Ministério Público para providências cabíveis.
(foto: Leandro/Couri/EM/DA.Press)
(foto: Leandro/Couri/EM/DA.Press)
 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade