Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS

Volta ao Brasil fica mais próxima para irmãos retidos na Austrália

Família de Davi e Lucas foi procurada por empresa aérea, que se mostra disposta a fazer o resgate


postado em 25/04/2020 17:04 / atualizado em 26/04/2020 15:18

Irmãos foram para a Oceania em agosto em busca de trabalho(foto: Acervo pessoal/Lucas Galvão Latini)
Irmãos foram para a Oceania em agosto em busca de trabalho (foto: Acervo pessoal/Lucas Galvão Latini)
Os irmãos Davi e Lucas Galvão Latini, de 22 e 27 anos, estão ansiosos pela volta ao Brasil. A mãe deles, a professora de educação física Ana Paula Galvão, aguarda o contato da Latam,  que está planejando um resgate de seus passageiros na Austrália. 
Os irmãos foram para a Oceania para trabalhar. Estavam em Sydney desde agosto do ano passado.  Trabalhavam na construção civil. No entanto, com a crise do coronavirus, não encontraram mais trabalho. Os irmãos compraram passagens de volta ao Brasil para de 3 maio, pela Latam, mas foram comunicados do cancelamento do voo no dia 22 de abril.

Os irmãos terão de devolver o apartamento onde estão morando em 2 de maio. A  partir daí, passarão por dificuldades pela falta de trabalho.

O que diz a Latam

A Latam divulgou nota, neste sábado, informando que, com a crise, a empresa passou a enfrentar transtornos, incluindo restrições de entrada e saída em diversos países, além de queda da demanda.

Em função do quadro atual, houve uma redução de 95% em suas operações programadas para abril e maio de 2020. Já os voos especiais estão sujeitos a aprovação e são avaliados durante esse período de acordo com as necessidades.

A empresa realizou 193 voos especiais e repatriou 24.684 mil pessoas provenientes de diversos países. Já foram realizadas operações de resgate nos seguintes países: África do Sul, Austrália, Nova Zelândia, Peru e Portugal.

A empresa informa, ainda, que os passageiros com voos cancelados não precisam tomar nenhuma ação imediata. E que o valor do bilhete será automaticamente mantido como crédito para futuras viagens. O passageiro poderá remarcar a data do seu voo sem nenhum custo. A Latam disponibiliza as regras para alterações por meio do endereço eletrônico:  https://www.latam.com/pt_br/experiencia/coronavirus/


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade