Publicidade

Estado de Minas

Ônibus proibido de desembarcar em BH deixa passageiros no meio da estrada em Sabará

Bloqueio foi motivado por decreto assinado pelo prefeito Alexandre Kalil que proíbe que os ônibus vindos de cidades que não adotaram ou interromperam as medidas de isolamento social recomendadas pelas autoridades de saúde entrem na cidade


postado em 09/04/2020 14:15 / atualizado em 09/04/2020 14:35


Mais um ônibus da Viação Presidente foi interceptado na manhã desta quinta-feira depois de deixar Caratinga, no Vale do Rio Doce. O bloqueio foi motivado por decreto assinado pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD) que proíbe que os ônibus vindos de cidades que não adotaram ou interromperam as medidas de isolamento social recomendadas pelas autoridades de saúde entrem na cidade.
Um passageiro, que pediu para não ser identificado, gravou um vídeo durante o desembarque no meio da estrada, às margens da BR-381, em Sabará.  Ele disse que o ônibus saiu de Caratinga ontem, às 23h30, e chegou em Belo Horizonte na manhã desta quinta-feira. Ainda conforme o passageiro, 19 ocupantes que vinham de Caratinga, Timóteo e Ipatinga, foram obrigados a descer na estrada e depois acessaram a cidade normalmente. 

Ônibus da Viação Presidente foi interceptado às margens da BR-381, em Sabará (foto: Divulgação )
Ônibus da Viação Presidente foi interceptado às margens da BR-381, em Sabará (foto: Divulgação )

Por meio de nota, a BHTrans afirmou que a fiscalização de ônibus, originários de outros municípios, está sendo realizada em cumprimento ao decreto 17.326, assinado pelo prefeito Alexandre Kalil, na terça-feira (7). A empresa destacou, porém, que não se incluem na proibição, o transporte público individual de passageiros, o transporte de cargas, táxis, carros de passeio, ambulância, dentre outros.

Já a Prefeitura de Caratinga criticou a manutenção da rota por parte da Viação Presidente. "Foi uma atitude errônea, pois era sabido a restrição imposta pela Prefeitura de Belo Horizonte", segundo a nota. A prefeitura também afirmou que está tomando medidas para proteger a saúde e minimizar os impactos na economia da cidade, e que até o momento, não apresenta nenhum caso confirmado de contaminação por coronavírus. 

A reportagem tentou contato com a Viação Presidente, mas as ligações não foram atendidas.

Boqueado na Pampulha 

Ontem, outro ônibus, também da Viação Presidente, foi bloqueado por agentes da BHTrans, Guarda Municipal e Polícia Militar quando passava pela Avenida Antônio Carlos, sob o viaduto São Francisco, na Região da Pampulha, em BH. O veículo foi escoltado rumo à saída, até o Km 13 da BR-381, em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Alguns passageiros relataram que foram ameaçados a ser detidos, caso não desembarcassem do ônibus.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade