Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS

Fundação disponibiliza R$ 2 milhões para pesquisa sobre COVID-19

Pesquisadores e entidades poderão entregar propostas até dia 10 de abril.


postado em 31/03/2020 12:44 / atualizado em 31/03/2020 15:20

Serão disponibilizados até R$ 2 milhões com o propósito de fortalecer ações inovadoras nas instituições científicas, tecnológicas e de inovação localizadas em Minas Gerais(foto: CARL DE SOUZA / AFP )
Serão disponibilizados até R$ 2 milhões com o propósito de fortalecer ações inovadoras nas instituições científicas, tecnológicas e de inovação localizadas em Minas Gerais (foto: CARL DE SOUZA / AFP )

A Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig) abriu chamada pública para financiamento de pesquisas relacionadas à COVID-19, dentro do programa emergencial de apoio a ações de enfrentamento da pandemia do coronavírus. Serão disponibilizados até R$ 2 milhões com o propósito de fortalecer ações inovadoras nas instituições científicas, tecnológicas e de inovação localizadas em Minas Gerais. Cada projeto não pode ultrapassar o valor de R$ 400 mil.

As propostas devem ser encaminhadas ao sistema Everest (http://everest.fapemig.br). Os resultados serão divulgados em 30 de abril. Detalhes no endereço (https://fapemig.br/pt/chamadas_abertas_oportunidades_fapemig/). O atendimento presencial está suspenso. Qualquer dúvida pode ser esclarecida pelo Fale Conosco (https://fapemig.br/pt/manuais/).

De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, desde o início de março a fundação tem se encontrado com grupo de pesquisadores dos campos da virologia, epidemiologia e saúde coletiva, além de gestores de assistência e saúde pública para tratar do enfrentamento à COVID-19 no estado. "A ideia é identificar caminhos e contribuições do setor acadêmico para combater o surto". Estão previstos suplementação de projetos em andamento que tratam do tema e mapeamento de ideias e soluções de auxílio de enfrentamento à COVID-19 "e à superação de danos sociais e econômicos".

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade