Publicidade

Estado de Minas

Chuva no primeiro dia de fevereiro já foi quase metade do previsto para o mês

Registros da Defesa Civil de Belo Horizonte dão conta de que as regiões Centro-Sul e Oeste, as mais castigadas em janeiro pelas tempestades, já registram quase 50% do previsto para o mês


postado em 02/02/2020 09:41

Lojas ainda eram limpas das inundações em Lourdes quando a região registrou fortes chuvas, no sábado(foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A.Press)
Lojas ainda eram limpas das inundações em Lourdes quando a região registrou fortes chuvas, no sábado (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A.Press)
Em um dia de chuva, algumas regiões de Belo Horizonte já registram neste sábado (1º) quase metade da média prevista para todo o mês de fevereiro na capital, que é de 181,4 milímetros (mm) de precipitações. Depois de janeiro ter superado o histórico de medições de chuvas de todos os tempos, com 776,77 mm ante a média de 329,8 mm (136%), a perspectiva de fevereiro chuvoso preocupa. os dados são da Defesa Civil de Belo Horizonte.

Só na Região Centro-Sul foram 87,6 mm, o que corresponde a 48% da média histórica de todo o mês. A região foi a segunda com maior média em janeiro, com com 957,2mm, o correspondente a 291% da média de todo o mês para todo o município.

A segunda região com mais concentração de chuvas no primeiro dia de fevereiro foi a Oeste, que já recebeu 68,8 mm de precipitações, o que soma 38% da média para toda cidade neste mês. Essa foi a região com maior registro pluviométrico em janeiro, computando 967,8 mm, ou o correspondente a 294% do esperado para todo o mês em BH.

Outras regiões registraram índices menores de chuva, como o Barreiro, com 6,2mm (3%); Leste, com 15 mm (8%); Nordeste, com 11,6 mm (6%); Noroeste, com 21,2 mm (12%); Norte, com 3,4 mm (2%); Pampulha, com  30 mm (17%); e Venda Nova, com 12,8 (7%).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade